ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Irmãs siamesas seguem internadas na Santa Casa de Campo Grande

Por Luciana Brazil | 07/12/2013 14:32

As irmãs siamesas, que nasceram no último dia 28 em Campo Grande, continuam internadas na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) neonatal da Santa Casa, como confirmou na tarde de hoje (7) a mãe das crianças, Ana Paula da Silva Alves.

Ainda sem previsão para receberem alta, as irmãs passam bem, segundo a mãe. Ana Paula passa o dia inteiro no hospital e á noite dorme em uma pensão. “Fico sozinha porque não tenho família aqui. Eu vi só para elas nascerem”, contou ela que mora em Naviraí, a 366 km de Campo Grande.

A mão das meninas disse que os médicos conversam com ela, mas nenhum deles dá detalhes sobre o caso. “Eles falam comigo, mas eles também não sabem o que vai ser feito”.

Aas duas meninas nasceram unidas pelo tronco.

Ana Paula, que já teve alta do hospital, disse aos médicos que fez um pré-natal tardio, mas já sabia que as meninas nasceriam grudadas.

Conforme ela, ainda não se sabe se será possível separar as crianças. “É porque tem uma massa perto do coração delas. Ainda não definiram o que é isso, se é um coração mal formado ou se é uma fusão entre dois corações”, disse.

O que aconteceu com as gêmeas de Naviraí pode acontecer a cada 40 gestações de gêmeos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário