A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

06/07/2018 13:53

Jogo esvazia Centro e trabalhadores correm para não perder nenhum lance

Liniker Ribeiro e Izabela Sanchez
Jogo esvazia Centro e trabalhadores correm para não perder nenhum lance

O fim de semana começou mais cedo para muitos trabalhadores, nesta sexta-feira (6). Dia de jogo do Brasil, muita gente saiu correndo para conseguir acompanhar todos os lances da partida no conforto de casa ou em bares e restaurantes da cidade. Na região central, por exemplo, o movimento no comércio, que costuma ser de correria em dias da semana, deu lugar para ruas vazias e pouco trânsito.

Na Rua 14 de Julho, lojas começaram a fechar pouco depois das 13h. Quem ainda estava pelo Centro não quis saber de perder tempo. Nada de parar, mesmo que por segundos, para uma papo rápido com a imprensa. "Estou indo ver o jogo e logo o ônibus passa", disse rapidamente Edilene Gonçalves, de 26 anos, que correu para conseguir chegar rapidamente em casa.

 

Jogo esvazia Centro e trabalhadores correm para não perder nenhum lance

A necessidade dos torcedores para não perder nenhum minuto do jogo fica ainda mais evidente na escolha do meio de transporte. Um dos mais populares aplicativos de transporte, Uber, estava com preço dinâmico por volta das 13h30. Mesmo com os valores mais altos, teve quem optou pelo meio de locomoção.

"Desisti de pegar ônibus porque não dá tempo de chegar em casa", revelou Raíssa Dolabeli, que ao lado da amiga, aguardava um carro disponível na Avenida Afonso Pena. A avenida, inclusive, chegou a registrar um congestionamento ainda maior no sentido Centro/Bairro, minutos antes do jogo.

As demais vias da região central pareciam desertas, pouco carros circulavam. E, claro, mais uma vez o verde e amarelo predominou. "Já vim trabalhar preparado para sair e ir direto assistir ao jogo", confessou Pedro Veranesi.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions