A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Agosto de 2019

25/11/2012 11:32

Jogos da população negra reúnem 10 comunidades

Luciana Brazil
Competições de dominó, bozó e truco atrem participantes de todas as idades. (Fotos:Pedro Peralta)Competições de dominó, bozó e truco atrem participantes de todas as idades. (Fotos:Pedro Peralta)

Mais de 400 pessoas de 10 comunidades negras participam hoje do 6° Jogos da População Negra de Campo Grande, realizado no Parque Ayrton Sena, em comemoração ao dia da Consciência Negra, celebrado no último dia 20 de novembro.

O evento é realizado pela prefeitura, por meio da Funesp (Fundação Municipal de Esporte) e reúne participantes com idade acima de 14 anos para disputarem as seis modalidades esportivas - futebol de campo masculino e feminino, futebol society masculino, bozó, dama, truco e dominó.

De acordo com Adriano Lipoli, 32 anos, profissional de educação física da Funesp, além das modalidades, também acontecem apresentações da cultura negra, como a capoeira. “O objetivo é celebrar a e homenagear a cultura negra”, ressaltou.

Na 6° edição, os jogos fazem a integração das comunidades participantes, como explica Vânia Lúcia Batista Duarte, 36 anos, vice-presidente da Associação de Descendentes da Tia Eva. “O evento chama a atenção da sociedade para este segmento”.

Para Vânia, os jogos não devem ser considerados uma forma, oculta, de discriminação com os negros. “Não acho que seja uma forma de racismo. Nós estamos integradas em outros setores da comunidade, mas lá somos apenas mais um”, explica.

O incentivo ao esporte e a integração das participantes dentro mesmo da comunidade são pontos importantes que o evento proporciona, segundo Vânia Lucia.

A premiação simbólica dos competidores está prevista para às 16h30.

Meninas competem na modalidade futebol society. Meninas competem na modalidade futebol society.
Vânia diz que evento integra as comunidades negras e fortalece o segmento. Vânia diz que evento integra as comunidades negras e fortalece o segmento.

Participam do evento comunidade Tia Eva/São Benedito, Tecam/Moreninhas, São João Batista, LBV (Legião da Boa Vontade), Itamaracá, Furnas do Dionísio, Arqterc (Associação dos Descendentes de Tertoliano e Canuta), Assas do Futuro, APS (Associação dos Peladeiros de Sábado) e comunidade Forperder.

Competidores: Os amigos Peterson Lopes da Silva, 18 anos, Vinícius da Silva, 17 anos, vieram de Terenos só para participar dos jogos, e segundo Peterson, que participa pela primeira vez, a experiência é  bem diferente. "Está sendo muito gostoso".

Já Vinícius, que esteve na competição do ano passado, lembra a importância de conhecer outras pessoas. "É uma chance de fazer novos amigos", ressalta.



O que, afinal, é isso? Apartheid? Me desculpem, mas com todo respeito, se alguém cogitasse organizar o primeiro "Jogos da População Branca de Campo Grande" estaria na cadeia. Isso só reforça o racismo, que aliás, até o nome está errado. Somos todos da raça humana. O que existe são cores diferentes: preto, branco, amarelo, vermelho; e comunidades: africanos, asiáticos, europeus, latinos. Tudo pela igualdade entre os povos. Abraço a todos.
 
Beto Lima em 25/11/2012 23:34:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions