A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

29/07/2015 21:06

Jovem com projétil na coxa reclama de demora para cirurgia

Thiago de Souza

Familiares do homem de 25 anos, baleado, reclamam da demora para a realização de uma cirurgia, na Santa Casa de Campo Grande, para a retirada de um projétil, que está alojado na coxa do jovem. O paciente deu entrada no hospital, na segunda-feira (27) à noite, após levar cinco tiros, no momento em que reagiu a um assalto, no Jardim Tijuca, em Campo Grande.

Um parente diz que o jovem fica horas sem comer aguardando o momento da operação, que, segundo ele, já foi adiada por duas vezes. Reclama também que o paciente está deitado em uma maca, no corredor do hospital.

A assessoria de imprensa da Santa Casa confirmou a demora na realização da cirurgia, por conta que o Pronto Socorro da ortopedia está cheio, com 17 pacientes. De acordo com o hospital, os casos mais graves tem preferência, por isso a demora. Porém, estimou que o paciente tem chances de ser operado ainda na noite desta quarta-feira (29).

O caso

O casal, que chegava em casa, na noite de segunda-feira (27), no Jardim Tijuca. No momento em que a mulher dele desceu do carro para abrir o portão, foi rendida por um dos assaltantes. O outro, entrou no veículo Saveiro e apontou a arma para o homem. Os assaltantes, a todo momento mandaram o casal entrar para dentro da casa.

Em um momento de distração, a vitima conseguiu pegar a arma do bandido, porém o assaltante realizou cinco disparos, que atingiram a perna, os pés, mão e a nuca. Os dois conseguiram fugir.

Os vizinhos ouviram o barulho e o socorreram, apontando que ele estava consciente e conversando. A Polícia Militar foi acionada, mas os assaltantes não foram encontrados até o momento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions