A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/05/2014 18:22

Jovem e pai vão indenizar família de motociclista morto na Afonso Pena

Zana Zaidan
Richard e o pai dele foram condenados a indenizar e pagar pensão para família de David (Foto: Arquivo)Richard e o pai dele foram condenados a indenizar e pagar pensão para família de David (Foto: Arquivo)

A família de David Del Vale Antunes, morto aos 31 anos em maio de 2012 ao ser atropelado na avenida Afonso Pena, deverá receber R$ 100 mil de indenização por danos morais, além de pensão mensal no valor de R$ 483 para a viúva e o filho da vítima, valor equivalente a dois terços de um salário mínimo.

A decisão é do juiz titular da 8ª Vara Cível de Campo Grande, Ariovaldo Nantes Corrêa, e condena Richard Ildivan Gomide Lima, então com 21 anos, que dirigia o Punto que causou o acidente, e o pai dele, o empresário Antonio Ildivan Pinto Lima, dono do carro.

Cada um vai pagar R$ 50 mil para Laís Marine, 24 anos, e o filho dela, além da pensão alimentícia, que será dividida entre eles até maio de 2051. Já a criança, que hoje tem 2 anos e meio, deverá ser beneficiada até abril de 2029, quando completar 18 anos.

A viúva , no entanto, pedia indenização superior, que chegava a R$ 500 mil, mais pensão alimentícia de R$ 126.888. No entanto, o juiz não acatou o pedido.

 

O filho receberá pensão até 2029, quando completa 18 anos O filho receberá pensão até 2029, quando completa 18 anos

Acidente – Richard atropelou e matou David no dia 31 de maio de 2012, por volta das 4h30, em frente ao shopping Campo Grande. David, que era garçom do Miça Bar, saiu do trabalho e voltava para casa, de moto. Ele aguardava o sinal vermelho abrir, quando Richard o atropelou e, em seguida, fugiu do local.

O garçom foi arremessado a 38 metros de distância e a moto a 57 metros. O carro estava a 83 km/h e furou o sinal. Richard se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas apresentava forte odor de álcool ao ser preso em flagrante.

Ele ficou detido por quase seis meses no Petran (Presídio de Trânsito) e aguarda julgamento em liberdade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions