ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 11º

Capital

Jovem é preso por furtar R$ 60 mil em produtos de ao menos 7 comércios

Os furtos teriam ocorrido entre outubro de 2020 e fevereiro deste ano

Por Mirian Machado | 24/02/2021 13:39
Suspeito foi indiciado na 6ª Delegacia de Polícia Civil (Arquivo/Campo Grande News)
Suspeito foi indiciado na 6ª Delegacia de Polícia Civil (Arquivo/Campo Grande News)

Um jovem de 19 anos foi preso suspeito de vários furtos na região do Bairro Caiobá em Campo Grande. Os furtos teriam ocorrido entre outubro de 2020 e fevereiro deste ano. O prejuízo total aos comerciantes chega a R$ 60 mil, segundo a polícia.

Durante a prisão, o rapaz confessou todos os crimes. Em uma loja de pneus, foram levados 60 pneus. Em outra loja de roupas e acessórios, o suspeito furtou 400 peças de roupas, 20 relógios e 80 pares de tênis.

Em outro furto realizado pelo rapaz foram levados 311 kg de carne bovina, 55 latas de cerveja e R$ 3,4 mil de um supermercado. Ele ainda confessou ter furtado de outra loja 305 peças de roupas e R$ 300, além de 1 notebook, 200 narguilés, 300 piteiras, 80 acendedores elétricos e mil essências de narguilé em uma tabacaria.

A polícia ainda procura por outros comparsas do rapaz, já que ele não agia sozinho. Dois já identificados estão foragidos. “Os autores invadiam os comércios geralmente na madrugada, arrombando portões, quebrando vidros ou até mesmo entrando pelo teto, subtraiam os produtos de interesse e saiam correndo, contando sempre com outros comparsas dando apoio”, explicou o delegado Mikaill Faria do 6°DP.

“Macaquinho”, como era conhecido, já tinha passagens policiais por roubo, furto, receptação, desacato e adulteração de sinal identificador.

A prisão do jovem foi realizada por policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) na semana passada e o caso entregue na sexta delegacia. O suspeito foi levado e permanece na Gameleira.

Caso alguém tenha alguma informação sobre os locais onde os objetos furtados possam estar ou sobre os receptadores, basta entrar em contato com o nosso disk denúncia, pelo WhatsApp da 6ª Delegacia de Polícia, (67) 99985-1402. Haverá sigilo absoluto sobre o denunciante.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário