A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

16/02/2011 15:37

Jovem fica ferido ao capotar carro após colisão na Antonio Maria Coelho

Marcio Breda
Foto: Marcio BredaFoto: Marcio Breda

O motorista Gabriel Assef Serrano, de 23 anos, ficou ferido ao capotar seu carro, um Fiat Uno Mille placas HTV 7690, no começo da tarde de hoje (16) na Rua Antonio Maria Coelho.

O carro de Gabriel seguia pela Antonio Maria Coelho quando colidiu com a frente da GM Blazer placas HRJ-4976, que tentava atravessar pela Rua João Akamine. Com o toque, o Uno perdeu o controle, derrapou e capotou após bater a roda no meio fio.

De acordo com o motorista da Blazer, que pediu para não ser identificado, ele teve de avançar pela Antonio Maria Coelho para poder enxergar o cruzamento. “Aquele carro alí – apontou para um veículo Suzuki estacionado na esquina – atrapalhou minha visão. Não pode estacionar em cima de esquina”, argumentou.

Segundo o motorista, foi apenas um toque, mas que pela velocidade ocasionou o capotamento. “Ele vinha rápido. Só foi uma encostadinha e pronto. O carro virou”, explicou.

Gabriel Assef foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o Prontomed da Santa Casa com ferimentos no pescoço e dores no corpo, mas consciente.

Foto: Marcio BredaFoto: Marcio Breda
Foto: Marcio BredaFoto: Marcio Breda
Sem identificação, baleado no Jardim Colibri morre na Santa Casa
Morreu na Santa Casa de Campo Grande, homem encaminhado depois de ter sido baleado, esta noite (22) na Rua Carricá, no bairro Alves Pereira, região d...
Suspeito é atingido por pelo menos três tiros no Jardim Colibri
Suspeito, ainda não identificado, foi baleado com pelo menos três tiros, esta noite (22) na Rua Carricá, no Alves Pereira, região do Jardim Colibri, ...
Idosa de 63 anos é amarrada enquanto bandidos faziam "limpa" em sua residência
Idosa, de 63 anos, foi mantida refém enquanto um casal de bandidos roubava sua residência, esta tarde (22) na Vila Nova Campo Grande, na Capital. Do ...


Mais um radar .... e rápido por favor. Uma vida vale mais que mil multas, e infelizmente não tem outra alternativa, quem sabe, com uma boa educação, tenhamos uma geração mais responsável.
 
Ricardo Lopes em 17/02/2011 07:01:48
Eu moro bem próximo dessa rua e minha filha estuda no colégio Alexander na Pernambuco. Isso aqui está um caos no horário de Pico. Tem que colocar sinaleiro na Hermelita de Oliveira Gomes com a Mato Grosso. Isso é urgente. O Secretário de trânsito deveria dar uma passeada por essas bandas nos horários de saída tanto dos funcionários do parque dos poderes, quanto dos alunos saindo da escola. É um verdadeiro caos. Tomem providencia urgente, por favor.
 
marcia ribeiro em 16/02/2011 08:42:32
Sou cadeirante e moro na Rua João Akamine é com muita frequência que está ocorrendo acidentes, não à sinalização, as pessoas não respeitam a velocidade, realmente as autoridades tem que tomar uma providencia, umas das soluções é tornar mão única. As calçadas não tem acessibilidade devido a isso tenho que andar no asfalto os motoristas tenho muita dificuldades.
 
Fabricia Garcia Marcuci em 16/02/2011 08:29:15
Moro na rua João Akamine e em alguns momentos considero quase impossível atravessar a rua Antonio Maria Coelho devido a carros que estacionam de forma irregular na Antonio
Maria Coelho tornando a visibilidade difícil.Nossas autoridades de Trânsito precisam tomar providências urgente, pois corremos sérios riscos.
 
Maria Joana Durbem Mareco em 16/02/2011 07:44:30
Independente do erro co condutor da Blazer, acredito que se o Uno estivesse em velocidade compativel com a via não teria capotado. Os motoristas de Campo Grande são muito irresponsaveis, correm muito, se andarem dentro do que determina a Lei, tenho certeza que os acidentes iriam diminuir e os que não pudessem ser evitados teriam consequencias menos graves.. As ruas não são pistas de corrida... e vocês não são pilotos...
 
Mauricio Almeida em 16/02/2011 07:17:16
O cruzamento da Antonio Maria Coelho com a João Akamine é um problema. A pouca visibilidade de quem está na João Akamine, ocasionada pelo estacionamento irregular de carros, com a alta velocidade empregada pelos motoristas que trafegam pela Antonio Maria Coelho é causa de corriqueiros acidentes naquele cruzamento.
Os motoristas circulam em alta velocidade pela faixa da esquerda na Antonio Maria Coelho, impossibilitando quem vem pela João Akamine muitas vezes de avistar o veículo. No caso em questão, é nítido que o Uno estava muito acima da velocidade permitida, pois raras são as vezes que os carros ali acidentados conseguem capotar. O que sempre acontece são os carros envolvidos pararem dentro das casas vizinhas, até mesmo no poste de sinalização ali presente.
Passo todo dia nesse cruzamento, os carros que estacionam na Antonio Maria Coelho, param muito perto da esquina, fazendo com que os carros que tem interesse em atravessar a Antonio Maria Coelho avancem lentamente para conseguir uma melhor visão do trafego, e é neste momento que os acidentes acontecem. Quem está na João Akamine não vê o carro na Antonio Maria Coelho, e quem vem por esta, não tem tempo para frear devido a grande velocidade.
A unica solução é tornar a João Akamine uma via de mão única (Mato Grosso/Antonio Maria Coelho) e instalar um "quebra-molas" na Antonio Maria Coelho próximo ao cruzamento.
 
Fabio Adair em 16/02/2011 05:08:30
Que irresponsabilidade da blazer, já imaginaram se fosse um veiculo menor com certeza seria mais um óbito, ele esta achando que esta na fazenda invadindo uma preferencial, com certeza queria cometer um homicidio.
 
Felipe Salinas em 16/02/2011 04:38:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions