A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/10/2014 08:33

Jovens são acusados de organizar e divulgar pichações no WhatsApp

Ludyney Moura e Michel Faustino
Dos cinco flagrados pichando, apenas dois foram capturados pela Guarda Municipal (Foto: Guarda Municipal)Dos cinco flagrados pichando, apenas dois foram capturados pela Guarda Municipal (Foto: Guarda Municipal)
Com a dupla foi encontrado diversos materiais usados para a prática do delito (Foto: Marcelo Calazans) Com a dupla foi encontrado diversos materiais usados para a prática do delito (Foto: Marcelo Calazans)

A Guarda Municipal da Capital deteve, na madrugada deste sábado (25) dois homens acusados de integrarem um grupo de pichadores que se organiza e depois divulga as pichações pelas redes sociais e pelo aplicativo Whatsapp.

A base da Guarda, que fica na antiga rodoviária, região central de Campo Grande, por volta das 5h da manhã de hoje, avistou um grupo de pelo menos cinco pichadores em ação no local. Três conseguiram fugir.

Luiz Felipe da Silva Pimenta, 23, e Matheus Arruada de Oliveira Alves, 20, foram detidos pelos agentes. Com eles a Guarda apreendeu também materiais utilizados para a prática do delito, como latas de tintas, spray's, rolos e fitas métricas.

De acordo com o comandante da guarnição que efetuou a detenção, Adan Clei, os detidos integram uma organização chamada “Picha Brasil”, que se organiza, planeja pichações e depois divulga o resultado em vídeos e fotos compartilhados nas redes sociais e em aplicativos de celular.

Segundo a Guarda Municipal, um dos detidos, Luiz Felipe, é o suspeito de ser o autor das pichações conhecidas como “símbolo do charada”, personagem inimigo do Batman, que nos cinemas foi interpretado pelo ator norte-americano Jim Carrey.

Está é a quinta vez que o suspeito é preso pelo mesmo motivo. Matheus foi detido neste sábado pela segunda vez por pichação. A dupla foi encaminhada para Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Pichação não é um crime grave.É só um dano ao bem alheio. Acho melhor liberta-los. Antes porém,DEVEM PINTAR ( E PAGAR OS MATERIAIS) TODAS AS FACHADAS PICHADAS NOS ÚLTIMOS DIAS OU MESES. Se não foram eles, que indiquem os outros autores. Eles sabem. As pichações são assinadas pelos seus autores.
 
fmiotto em 25/10/2014 15:08:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions