A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

11/05/2015 16:16

Juiz aceita denúncia contra envolvidos em exploração de adolescentes

Edivaldo Bitencourt
Otero promete revelar nomes de outros políticos envolvidos no caso (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)Otero promete revelar nomes de outros políticos envolvidos no caso (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)

A Justiça aceitou a denúncia contra os cinco envolvidos na exploração sexual de adolescentes e extorsão. O escândalo levou o empresário e pastor Alceu Bueno a renunciar ao mandato de vereador e sair do PSL. Além dele, viraram réus no caso o ex-deputado estadual Sérgio Assis, o ex-vereador Robson Martins, o empresário Luciano Roberto Pageu e Fabiano Viana Otero.

A denúncia foi feita pelo juiz da 7ª Vara Criminal de Campo Grande, Marcelo Ivo de Oliveira. Segundo nota do MPE (Ministério Público Estadual), eles foram denunciados pelo promotor Celso Botelho e a denúncia aceita pelo magistrado no dia 4 deste mês. Ele determinou a citação dos réus e abriu o prazo para a apresentação da defesa.

A promotoria denunciou por exploração sexual, extorsão, corrupção de menores, tráfico de menor de idade para fins de exploração sexual, pose de material pornográfico de adolescentes, prática de sexo com menor em relação de prostituição e associação criminosa com participação de menores.

Três adolescentes de 15 anos estão envolvidas no escândalo.

As investigações continuam e conta com o reforço do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). Fabiano aceitou fazer delação premiada e promete entregar mais 10 pessoas, incluindo-se políticos com mandato.

O caso segue sob sigilo porque envolve adolescentes. O magistrado determinou que o segredo só acaba quando as provas forem apresentadas contra os envolvidos.

Martins e Pageu pediram liberdade, mas a Justiça negou todos os pedidos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions