A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/07/2012 21:37

Justiça decide que Unimed deve pagar cirurgia de paciente internada há 23 dias

Nyelder Rodrigues

Após 23 dias internada, a artesã Wilma da Silva Torres, de 36 anos, conseguiu nesta quarta-feira (12) uma liminar judicial que obriga o plano de saúde Unimed a pagar uma cirurgia na coluna. Ela precisa passar por uma cirurgia chamada lombociatologia.

Wilma sofreu um acidente há dez meses e fraturou a vértebra TL1, e desde então vem sofrendo com fortes dores, que são aliviadas apenas com aplicação de morfina. A batalha contra o plano de saúde já dura quase três meses.

O advogado da paciente, José Amaral Cardoso Junior, conta que a empresa será notificada por um oficial de justiça sobre a decisão nesta sexta-feira (13), por volta das 12h. A liminar, expedida pela 11ª Vara Civil de Campo Grande, indica que a Unimed está sujeita a multa de R$ 1 mil por dia caso não cumpra a ordem.

De acordo com Wilma, o plano de saúde apenas autorizou uma cirurgia paliativa, que não seria a solução mais indicada para o problema. “Não ia adiantar nada fazer uma cirurgia agora para ter que fazer outra daqui cinco anos porque as dores voltaram”, comenta.

“O médico auditor que indeferiu meu pedido é ginecologista. Nada contra a especialidade, mas minha cirurgia é da área neurológica”, explica Wilma, que recebeu a notícia sobre a liminar no final da tarde desta quinta-feira.

Paciente diz que após 11 dias internada, Unimed se recusa a pagar cirurgia
Há 2 meses a artesã Wilma da Silva Torres, de 36 anos, trava uma batalha para fazer uma cirurgia na coluna pelo plano de saúde da Unimed, porém a cir...
Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions