ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Justiça mantém prisão de vendedor de pães acusado de estuprar criança de 9 anos

"Não conta para a sua mãe", teria dito homem ao abusar de menina

Por Dayene Paz | 25/05/2022 11:26
Fachada da Delegacia Especializada, em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)
Fachada da Delegacia Especializada, em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)

A Justiça de Mato Grosso do Sul manteve a prisão de um vendedor de pães de 68 anos que foi preso acusado de estuprar uma criança de nove anos de idade, no Núcleo Habitacional Buriti, em Campo Grande. O crime ocorreu nesta terça-feira (24).

O homem vendia pães no local, quando puxou a menina e o irmão para dentro da casa dele. Em seguida, conforme a denúncia, passou a mão nos seios da menina por baixo da blusa e na genitália da criança, por cima do short. "Não conta para sua a sua mãe que eu passei a mão em você", teria dito.

A menina correu e contou para a mãe, que chamou a polícia. Preso, o homem negou que tenha puxado as crianças à força para sua casa, afirmando que elas ficaram apenas onde os pães são expostos, na frente da residência.

Afirmou que ofereceu pão e manteiga para elas, mas a menina de 9 anos teria dito que não conseguia abrir a boca, pois tinha machucado com o frio. O homem então diz ter oferecido batom de manteiga de cacau. Em seguida, as crianças comeram e foram embora.

O vendedor alega ainda que na semana anterior, teve discussão com a mãe das crianças, pois se ofereceu para ajudá-la na matricula dos menores em uma escola, pois soube que estariam sem estudar por falta de vagas.

Ele foi preso pelo crime de estupro de vulnerável e durante audiência de custódia, nesta quarta-feira (25), a Justiça decretou a prisão preventiva. A Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) investiga o caso.

Nos siga no Google Notícias