ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Ladrões matam encarregado de obras para roubar, mas fogem sem dinheiro

Por Lidiane Kober e Filipe Prado | 11/07/2014 18:07
Vítima era encarregador de obras e distribuiria o pagamento hoje (Foto: Marcelo Calazans)
Vítima era encarregador de obras e distribuiria o pagamento hoje (Foto: Marcelo Calazans)

Morto na tarde desta sexta-feira (11), na região do Bairro Jardim Los Angeles, Alcides Pedro Farias, de 60 anos, pode ter sido vítima de um latrocínio. Os bandidos, no entanto, não conseguiram efetivar o roubo, já que vítima foi encontrada com várias notas de R$ 100, guardadas no corpo.

De acordo com João Ventura dos Santos, 74 anos, que viu Alcides morrer no quintal de sua casa, a vítima era encarregada de uma obra, localizada próxima a rua do crime. Hoje, seria dia de pagamento e caberia a Alcides distribuir o dinheiro.

“Estava dentro da minha casa, quando ouvi um tiro e uma pessoa gritando: me acode! Abri a porta, nisso, a vítima entrou correndo no meu quintal e caiu morta”, relatou João. No mesmo momento, ele viu dois rapazes correndo de bicicleta. Uma, inclusive, foi encontrada abandonada em um matagal, próximo ao local do crime.

De acordo com o delegado da Depac (Delegacia de Pronto-Atendimento Comunitário), do Bairro Piratininga, Gustavo Ferrari, a primeira linha de investigação é latrocínio. “A vítima estaria carregando R$ 10 mil, mas ainda estamos contabilizando se chegaram a efetivar parte do roubo”, disse.

O crime ocorreu na Rua Aristides Lobo, quase esquina com Rua Engenheiro Paulo Frontin, no Bairro Uirapuru, na região do Jardim Los Angeles. Neste momento, policiais, peritos e funcionários de uma funerária estão no local. Parentes também estão por lá e muitos choram desesperadamente.

Várias notas de R$ 100 foram encontradas com a vítima (Foto: Marcelo Calazans)
Várias notas de R$ 100 foram encontradas com a vítima (Foto: Marcelo Calazans)
Familiares já estão no local do crime e choram a perda do parente (Foto: Marcelo Calazans)
Familiares já estão no local do crime e choram a perda do parente (Foto: Marcelo Calazans)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário