ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Leitora se assusta ao ver homem com roupa hospitalar em mercado

Especialista afirma que traje é exclusivo para uso dentro do ambiente de trabalho para evitar contaminações

Por Clayton Neves | 27/03/2021 17:58
Usando privativo, trabalhador faz compras em atacadista. (Foto: Direto das Ruas)
Usando privativo, trabalhador faz compras em atacadista. (Foto: Direto das Ruas)

Vestido com roupa hospitalar, profissional da saúde provocou revolta em clientes de um atacadista na tarde deste sábado (27),  depois de ser visto fazendo compras com o traje, exclusivo para uso em ambiente de trabalho.

"Um absurdo em meio a este momento que estamos vivendo. Fui fazer compras e me deparei com ele de roupa cirúrgica, o que dá a entender que tinha acabado de sair do hospital. E pode contaminar todo mundo", comenta Luana Machado, professora de 30 anos, que presenciou a cena.

Em imagem encaminhada por leitores é possível ver o homem paramentado, colocando produtos em um carrinho de compras.

Em conversa com o Campo Grande News, Marcelo Santana, presidente do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul, explicou que o “privativo”, nome dado à vestimenta, é de uso exclusivo para o ambiente de trabalho. Segundo o especialista,  a finalidade do aparato é evitar que contaminações de dentro da área hospitalar saiam, e que as de fora também não entrem na área clínica.

“Não dá para entender o que leva uma pessoa a usar um privativo em um ambiente público. Se ele atendeu uma pessoa contaminada, com certeza pode levar para o ambiente externo, como também, se voltar para o trabalho com a roupa que foi para a rua, pode carregar contaminações de fora e levar para dentro”, explica.

Direto das Ruas - A foto chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação.

Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Instagram ou Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário