A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/11/2012 22:06

Lideranças empresariais discutem projetos e estratégias em evento

Nyelder Rodrigues
Evento foi aberto nesta quinta, e contou com a participação de várias autoridades empresariais do Estado (Foto: Nyelder Rodrigues)Evento foi aberto nesta quinta, e contou com a participação de várias autoridades empresariais do Estado (Foto: Nyelder Rodrigues)

Foi aberto nesta noite em Campo Grande o 3º Congresso da Faems (Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul). O evento termina na sexta-feira (23).

Sob o tema Competitividade e Tecnologia, o evento vai abordar projetos de parcerias e como melhorar a representatividade do empresariado local, usando para isto estratégias de interesses comuns.

Para o setor comercial, a principal época do ano, na qual os rendimentos são maiores, é o final, próximo às festividades natalinas e de ano novo. Em geral, a perspectiva é grande para os comerciantes.

“Final de ano para o comércio é sempre muito bom, pois tem o 13º salário, um salário a mais que dobra a capacidade de consumo da população nesta época, principalmente agora em que o país passa por um momento de pleno emprego”, afirmou o presidente da CACB (Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil), José Paulo Dornelles Cairoli.

Segundo Dornelles, especialmente no Estado, onde o setor primário é muito forte, se destacando a produção de grãos, há uma expectativa alta de consumo no final de ano.

Outro nicho que atrai a atenção dos empresários sul-mato-grossenses são os eventos esportivos internacionais que o Brasil vai sediar em breve, como a Copa do Mundo e Copa das Confederações de futebol, além dos Jogos Olímpicos.

“Nosso Estado não será sede de nenhum dos eventos, mas com certeza será rota e ponto turístico. Temos os destinos mais cobiçados. Além disso, o setor comercial vai continuar apoiando o crescimento da economia estadual”, comentou o presidente da Faems, Antônio Freire.

Conforme Freire, a federação apoia o Governo do Estado tanto na discussão da guerra fiscal entre os estados, que tem o ICMS como centro, como agora na questão da distribuição dos royalties do petróleo do pré-sal.

Além disso, o presidente indicou que no próximo ano um estudo de carga tributária será feito, visando apontar quais taxas seriam mais justas. “Costumam dizer que quem pede diminuição de impostos é sonegador, mas o sonegador não precisa de redução, ele faz o imposto como quiser, enquanto quem pede é porque quer pagar conforme a lei”, declarou Freire.

Presidente da CACB, José Paulo Dornelles, acredita que situação econômica garantirá final do ano será de bons rendimentos para o comércioPresidente da CACB, José Paulo Dornelles, acredita que situação econômica garantirá final do ano será de bons rendimentos para o comércio

Para o presidente da CACB, José Paulo Dornelles, a redução de impostos é uma das lutas dos empresários brasileiros. “Nacionalmente, já conseguimos aprovar a transparência de impostos, que falta ser sancionada pela presidente Dilma. Precisamos saber o que pagamos e para o que pagamos. Mostrando para onde vai o dinheiro dos impostos, cobraremos a redução necessária”.

Dornelles ainda crê que, se organizando, a sociedade conseguirá buscar atingir essas metas, e o evento desta noite é um bom começo. “É preciso ter continuidade para que, juntos, consigamos ter capacidade de convencimento sobre os administradores públicos. Não é fácil. Se fosse fácil, já tinha sido feito. O governo sempre vai achar que não arrecada o suficiente”, finalizou.

Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions