ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Liquidação em loja de departamentos atrai até 'desavisados' no Centro

Por Nyelder Rodrigues e Adriano Fernandes | 05/01/2017 18:59
Na porta da loja na rua 14 de Julho, fila já se forma para aproveitar as promoções (Foto: Adriano Fernandes)
Na porta da loja na rua 14 de Julho, fila já se forma para aproveitar as promoções (Foto: Adriano Fernandes)

A liquidação que vai oferecer produtos com até 70% de descontos na Magazine Luiza a partir das 6h desta sexta-feira (6) já atrai compradores para a porta das lojas em Campo Grande no início da noite de hoje (5), até mesmo as mais desavisadas e que só souberam da promoção já na rua.

Uma das pessoas que guarda vaga na unidade da rua 14 de Julho, é a dona de casa Elisabete Batista, de 64 anos. "Eu nem sabia da promoção, mas estava aqui no Centro e vi a oferta de descontos. Conversei com quem já estava na fila e me falaram que valia a pena, então vou me arriscar", comenta.

Elisabete aproveitou que a fila ainda não estava grande, mas ainda assim, ela não levou nada, nem água, estando totalmente despreparada, diferente da merendeira Dina de Almeida, de 53 anos. Ela é a primeira pessoa na fila e está desde às 13h30 no local, onde pretende comprar uma máquina de lavar roupas.

Dina conta ser essa a segunda vez que vai aproveitar promoções na loja. "Eu já pesquisei e sem desconto custaria no mínimo R$ 1,5 mil a máquina. Espero conseguí-la por bem menos que isso", diz.

A consumidora ainda completa que o segredo nestas promoções é chegar cedo, pois "quem entra primeiro garante os melhores produtos". Para passar o tempo durante a noite e madrugada, ela levou um crochê.

Já a assistente de buffet Realita Meireles, de 63 anos, que também estava na fila, conta que há quatro anos aproveita as promoções de liquidação feitas pela Maganize Luiza. "Já comprei sofá, espremedor de fruta, ventilador e outros eletro domésticos", explica.

Hoje, ela também guarda lugar para filha, que trabalha como vendedora de semijoias, e diz que enfrentar a longa espera é sempre muito compensatório. Diferente de Dina, Realita chegou mais tarde à fila, às 17h30.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário