A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

16/02/2018 10:45

Mãe de recém-nascido, presa por confusão em ônibus deve ser liberada

No entanto, Lorraine, que amamenta e teve bebê recentemente, deve ser liberada assim que for apresentada a declaração de nascimento do filho - fornecida pela maternidade

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Janelas destruídas após quebra-quebra (Foto: Direto das Ruas) Janelas destruídas após quebra-quebra (Foto: Direto das Ruas)
Estilhaços de vidro ficaram nos assentos do coletivo (Foto: Direto das Ruas) Estilhaços de vidro ficaram nos assentos do coletivo (Foto: Direto das Ruas)

Envolvidos em confusão dentro de ônibus, Ismael de Moraes Costa Júnior, 21 anos, e a mulher, Lorraine Kellita Brandão, 25 anos, vão permanecer presos. A decisão foi tomada nesta manhã (16), durante audiência de custódia, pelo juiz Alessandro Carlo Meliso Rodrigues.

No entanto, Lorraine, que amamenta e teve bebê recentemente, deve ser liberada assim apresentar a declaração de nascimento do filho - fornecida pela maternidade. A criança nasceu há alguns dias e ainda não foi registrada.

Para o juiz, o casal disse que aguardava a semana do Carnaval passar para providenciar a certidão de nascimento. O magistrado, então, orientou Lorraine e o advogado dela, a providenciarem a documentação. Por enquanto, o casal permanece preso em uma das celas da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. 

O casal foi preso por ameaça, dano ao patrimônio público, perturbação do sossego, tráfico de drogas e corrupção de menores. Junto com os dois também foram apreendidos quatro adolescentes, sendo duas meninas e dois meninos com idades entre 16 e 17 anos. Eles foram liberados ontem (15) na presença dos responsáveis.

Ao menos duas passageiras ficaram feridas durante a ação dos vândalos (Foto: Direto das Ruas) Ao menos duas passageiras ficaram feridas durante a ação dos vândalos (Foto: Direto das Ruas)

Baderna - A confusão dentro do ônibus que fazia a linha Vida Nova aconteceu por volta das 23h30 de quarta-feira (14), na Rua Marquês de Herval, no Bairro Nova lima, região norte de Campo Grande. O coletivo tinha acabado de sair do Terminal Nova Bahia, por volta das 23h30.

Conforme a Polícia Civil, o motorista relatou que o bando fazia uso de entorpecente dentro do ônibus e ouvia música alta, quando uma das passageiras pediu que abaixasse o volume do som. Alterado e sob efeito de drogas e álcool, o casal começou a baderna incitando os adolescentes a promoverem o quebra-quebra dentro do ônibus.

Com a situação fora do controle, o motorista abriu a porta e os passageiros empurraram o grupo para fora. O bando, então, atirou uma garrafa de vodca e já fora do ônibus passou a atirar pedras. Outro coletivo que seguia pelo local também acabou atingido e danificado pelos objetos arremessados. Por causa dos estilhaços do vidro, duas vítimas sofreram ferimentos. A Polícia Militar foi acionada e o grupo tentou fugir, mas foi detido perto dali.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions