ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Mãe desaparece ao ir ao mercado e filhas ficam trancadas em casa

Por Lidiane Kober e Alan Diógenes | 02/06/2015 15:49
Crianças se comunicam pela janela (Foto: Fernando Antunes)
Crianças se comunicam pela janela (Foto: Fernando Antunes)
Vizinha acionou polícia e conselho tutelas, mas, até agora, não teve retorno (Foto: Fernando Antunes)
Vizinha acionou polícia e conselho tutelas, mas, até agora, não teve retorno (Foto: Fernando Antunes)

Isis Caroline da Silva Santos, 24 anos, desapareceu, ontem (1) à noite, e deixou suas duas filhas, de 3 e 6 anos, trancadas em um apartamento, no Residencial Castelo de Mônaco, no Bairro Pioneiros. As meninas estão sujas, com fome e frio e uma vizinha as auxilia. O avô das crianças chegou há pouco e foi comprar comida para as netas.

Segundo a professora Silvana da Silva Barino, 32 anos, vizinha da família, Isis saiu ontem à noite para ir até o mercado. “Ela não apareceu e as duas meninas, de 3 e 6 anos, estão trancadas no apartamento até agora”, relatou.

Preocupada, Silvana acionou, por volta das 13h, a polícia e o conselho tutelar, mas até às 15h30, segundo ela, ninguém chegou para socorrer as crianças. “Estou ligando de 15 em 15 minutos para reforçar a denúncia”, frisou.

A professora se comunica com as meninas pela janela do apartamento. “Tudo está revirado, as crianças estão sujas, sem roupa de frio, a menor está urinada e elas reclamam de fome”, disse.

Há pouco, o avô, o pedreiro José Severino, 65 anos, chegou ao apartamento e foi comprar comida para as netas e em busca de um chaveiro para arrombar a porta.

Conforme ele, a filha nunca deixou as filhas abandonadas. “É a primeira vez que isso aconteceu, estou preocupado, vou registrar boletim de ocorrência por desaparecimento”, disse.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário