A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

31/10/2011 18:47

Mãe é autuada por maus tratos por acorrentar filho de 12 anos

Nadyenka Castro

Vizinhos denunciaram a situação. Ela alega que garoto não a obedecia

Uma mulher foi autuada por maus tratos na tarde desta segunda-feira. acusada de manter acorrentado o filho de 12 anos.

A moradora do bairro Guauandi, de 30 anos, foi denunciada por vizinhos à Polícia Militar, que encontrou o garoto acorrentado a uma cadeira na varanda da residência.

De acordo com o delegado João Reis Belo, ela alegou que essa foi a alternativa que encontrou para manter o filho em casa, pois o menino não mais a obedecia.

Segundo relato dela ao delegado, o garoto sai de casa e fica dias sem voltar. Falou ainda que não mantém o menino ‘preso’ por muito tempo nem todos os dias. “Ela disse que faz isso esporadicamente, uma vez por semana”, disse João Reis Belo.

A mulher tem mais duas filhas menores, além do garoto. Ela foi autuada pelo crime de maus tratos, mas, como se trata de crime de menor potencial ofensivo - pena de dois meses a um ano de detenção -, foi compromissada a estar presente sempre que solicitada pela Polícia e/ou Judiciário, sendo liberada em seguida.



Onde anda o pai das crianças, so sabe fazer, sou mãe tenho filho nessa idade, sei que não e facil, porque estão na fase de descoberta, e agora se penalizar essa mãe, quem vai cuidar das crianças? Acha que esse e o caminho? ???????
 
Aparecida Romeiro em 01/11/2011 12:21:43
Que pena! a mae, provavelmente baixa renda, sem recursos financeiros para pagar assistencia psicologica pra o filho. No ultimo gesto de amor teve que acorrenta-lo, medida um pouco drastica mais, para salva-lo do mundo da marginalidade, nao teve outra opcao. Vizinhos, antes de chamar a policia quem de voces se ofereceu a ajudar aquela mae?.
 
maria qualey em 31/10/2011 08:34:41
concordo que as crianças tem q estudar,e não ser esploradas em trabalhos escravos mas na minha época trabalhar era honra e não matou ninguem daquela geração precisa revisar as leis,sou campograndensse mas moro na europa e aqui si estuda o dia inteiro si falta aula tem q ter justficativa a noite criança não anda soltas nas ruas,ñ é permitido maus tratos infantis mas ha disciplina mutua
 
regiane yasmim em 31/10/2011 07:54:19
concordo plenamente com o comentário do julio cesar esta mãe tem q ser amparada,si a mãe repreende a justiça vem em cima si esta na rua quem cuida??? sou totalmente contra maltratos em crianças mas com 12 anos eu ja tabalhava p ajudar em casa,hoje esta geração não sabe que é comprar um pão,e muitas meninas adolecentes tem vergonha de trabalhar mas não tem vergonha de mostrar o rabo na avenida.
 
regiane yasmim em 31/10/2011 07:49:13
Esta mulher não está precisando de ser autuada ela precisa é de amparo acistêncial dando suporte piscilógico, tanto a éla quanto a o garoto, autuar alguem é facil o dificil é entender o sofrimento de uma mãe que perdeu o controle do seu fillho, o nosso estado devería ter uma assistência a essas familias antes que esses menores se tornem deliquentes, medida preventiva custa menos e é menos doloroso
 
porfirio vilela em 31/10/2011 07:42:17
Por que os vizinhos em vez de ficar denunciando nao ajuda a mae. Depois o muleque fica roubando é culpa da mae que nao educa.
 
thiago souza em 31/10/2011 07:33:37
olha esta dificil como condenar esta mãe se ela esta tentando tirar seu filho da rua,as autoridades tem que arrumar um jeito de mudar esta lei q menor ñ pode trabalhar, pois esta havendo tantas coisas ruim tudo provocado por menor. Gente vamos olhar pro desespero desta mãe vendo seu filho indo para o caminho torto. isto ñ é crime e sim zelo por amor ela fez isto .
 
evanildebalbinooliveira em 31/10/2011 07:22:10
É triste ver uma mãe usar o ultimo recurso q ela tem p/ poder criar seu filho, já que o mesmo tem histórico de desaparecer por vários dias e tem mais duas crianças p/ ela criar

Mas o pior e esta mãe deixar esta criança solta sem nenhum acompanhamento e depois aparecer em uma manchete de jornal, ou noticiário na hora do almoço, sendo + um DE MENOR comentendo crimes

Esta mãe tem que ser ampara.
 
julio cesar g em 31/10/2011 07:17:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions