A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/09/2014 08:05

Mãe e filho acusados de planejar assassinato de idoso vão a júri nesta quarta

Viviane Oliveira
Aparecida é acusada de ter planejado a morte do marido para ficar ficar com os bens da vítima. (Foto: Francisco Junior)Aparecida é acusada de ter planejado a morte do marido para ficar ficar com os bens da vítima. (Foto: Francisco Junior)
Thionatan é acusado de ter ajudado a mãe a planejar a morte do padrasto. (Foto: Francisco Junior)Thionatan é acusado de ter ajudado a mãe a planejar a morte do padrasto. (Foto: Francisco Junior)

Serão julgados a partir das 8h de hoje (24), Aparecida Fernandes de Souza Soni e Thionatan Anderson Custódio da Silva. Mãe e filho são acusados de matar a tiros Fláusio Laudemiro Furtado, 63 anos, em abril do ano passado. A mulher e a vítima moraram juntos por 2 anos.

De acordo com a denúncia, por volta das 21h30 do dia 5 de abril na Rua Rio de Janeiro, no Bairro Monte Castelo, a mando da mãe Aparecida, Thionatan na companhia de um adolescente, mataram a vítima. O menor, na época com 17 anos, teria sido o autor dos disparos. 

Os acusados, junto com o menor, foram até o local depois de terem planejado o crime. O Ministério Público afirmou que o crime foi cometido por motivo torpe e que Aparecida prometeu recompensa, pois juntos receberiam vantagem financeira com a morte de Fláusio. O julgamento será na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

O crime - Segundo o delegado Tiago Macedo, responsável pela investigação, mãe e filho arquitetaram o crime para ficar com os bens da vítima: uma casa no bairro Coophavilla II, um carro e uma moto.

Aparecida e Thionatan armaram uma emboscada contra Flausio. No dia do crime, o homem recebeu uma mensagem via celular, enviada pelo enteado, onde pedia emprestados R$ 500 para pagar um tratamento dentário.

O rapaz marcou como ponto de encontro para pegar o dinheiro a rua Rio de Janeiro, no Monte Castelo, próximo a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino, onde seria a consulta com o dentista.

Por volta das 21h30, a vítima e a mulher foram até o local marcado e o adolescente contratado para o crime já estava esperando junto de Thionatan. Conforme o delegado, o idoso desceu do carro e, como estava escuro, se abaixou próximo do farol para contar o dinheiro e entregar para Thionatan. Neste momento, o adolescente se aproximou atirou a queima roupa duas vezes contra a cabeça da vítima. Flausio morreu no local. Os dois rapazes fugiram em uma moto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions