A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/09/2015 10:27

Mãe é presa no lugar do filho após polícia encontrar drogas em casa

Luana Rodrigues
A ajudante de produção e diarista Maria de Fatima Fernandes de 40 anos, foi presa em flagrante na manhã desta quinta-feira. (Foto: Filipe Prado)A ajudante de produção e diarista Maria de Fatima Fernandes de 40 anos, foi presa em flagrante na manhã desta quinta-feira. (Foto: Filipe Prado)
Polícia encontrou drogas, dinheiro, armas e munições na casa. (Foto: Filipe Prado)Polícia encontrou drogas, dinheiro, armas e munições na casa. (Foto: Filipe Prado)

A ajudante de produção e diarista Maria de Fatima Fernandes de 40 anos, foi presa em flagrante na manhã desta quinta-feira(03), depois que a polícia encontrou drogas, dinheiro, armas e munições na casa dela, na rua Floriano Paula Correa, na vila Nhá-nhá, em Campo Grande. O filho dela, Eduardo Fernandes Dias, 22 anos, é quem estava sendo investigado pelo crime, mas como somente a mulher estava na casa, acabou presa.

Conforme o delegado titular da Denar( Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), Rodrigo Yassaka, a polícia recebeu denúncias de que Eduardo vendia drogas na casa onde morava. Policiais foram até a residência, mas não encontraram Eduardo, apenas a mãe dele.

Os agentes então pediram a Maria para revistar a casa, ela permitiu, e eles encontraram 55 porções de pasta base cocaína, cinco de maconha, R$ 2.060 em dinheiro, além de um revólver calibre 38, oito munições do mesmo calibre e três munições calibre 380.

Presa, a mãe disse que não sabia que o filho era traficante, apenas que era usuário. "Não me arrependo, porque não sou traficante, não fiz nada", afirmou.

Maria não tem passagens pela polícia e agora vai responder por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo e munições. Já o filho dela, Eduardo, foi preso em 2013 por tráfico de drogas e recebeu liberdade em 2014. Os policiais fizeram buscas para localizá-lo, mas ele continua desaparecido.



Isso é um absurdo... uma mãe ser presa e indiciada por tráfico no lugar do filho, apenas porque ela estava em casa e o filho não no momento da abordagem policial. Que país é esse? Que policiais, delegados, promotores e juízes são esses? que permitem que uma dona de casa seja presa e responsabilizada por um crime que ela não cometeu? O que ela fez de errado? É trabalhadora, honesta, teve e criou o filho, mas não tem culpa se ele se desviou no caminho. E depois quando um pai ou mãe precisa repreender, aplicar corretivos nos filhos, essa mesma justiça hipócrita vai em cima. Agora a coitada vai pagar por um crime que não cometeu porque a incompetente polícia não conseguiu prender o verdadeiro culpado. O que ela teria que ter feito? Ir morar na rua pra não correr risco?
 
Mariana Carvalho em 04/09/2015 13:58:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions