A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

31/08/2014 09:16

Mãe persegue e bate em ladrão para resgatar cartão de saúde da filha

Caroline Maldonado e Viviane Oliveira
Adolescente revelou ser viciado em pasta base de cocaína (Foto: Pedro Peralta)Adolescente revelou ser viciado em pasta base de cocaína (Foto: Pedro Peralta)
A esquerda a enfermeira junto a sobrinha e o rapaz que deteve o ladrão (Foto: Pedro Peralta)A esquerda a enfermeira junto a sobrinha e o rapaz que deteve o ladrão (Foto: Pedro Peralta)
Adriana contou com ajuda da sobrinha e de dois estranhos para pegar ladrão (Foto: Pedro Peralta)Adriana contou com ajuda da sobrinha e de dois estranhos para pegar ladrão (Foto: Pedro Peralta)

Inconformada após ser assaltada, uma mulher contou com a ajuda de dois estranhos e da sobrinha para perseguir o ladrão, um adolescente que acabou sendo atropelado e levou uma surra da vítima. Ao adotar um comportamento que é reprovado pela polícia, tudo o que ela queria era a carteirinha do plano de saúde da filha, que tem nove meses e começa amanhã tratamento contra câncer no tórax.

O assalto ocorreu no início da manhã, quando a enfermeira Adriana de Paula, 39 anos, foi buscar a bolsa no carro que estava estacionado na frente de casa, na rua 26 Agosto. Nesse momento, o adolescente levou a bolsa de Adriana, que saiu correndo atrás do ladrão. Ela chegou a cair, mas não desistiu e pediu a um homem que passava pela rua que a ajudasse a perseguir o assaltante. Juntos, eles procuraram o suspeito na região do bairro Amambaí. O adolescente jogou a bolsa fora, mas permaneceu com a carteira da vítima, justamente onde estava do documento da filha.

Adriana machucou o joelho ao cair na perseguição, mas não desistiu (Foto: Pedro Peralta)Adriana machucou o joelho ao cair na perseguição, mas não desistiu (Foto: Pedro Peralta)

Sem encontrar o ladrão, Adriana voltou para casa e foi motivada pela sobrinha Yasmin de Paula Corrêa, 21 anos, a fazer buscas no bairro. Juntas, elas saíram de carro e encontraram o rapaz subindo na garupa de um moto-táxi e gritaram “pega ladrão”. Nesse instante, o rapaz desceu da motocicleta e correu pela Avenida Afonso Pena.

Para alcançar o ladrão, Yasmim atravessou o canteiro e entrou na contramão atingindo o rapaz, que ainda assim levantou e tentou fugir. Nesse momento, um rapaz que passava pelo local, Glayson Ricardo de Siqueira, 29 anos, desceu da motocicleta e deteve o adolescente. “Não sei da onde tiramos força para fazer isso, mas tudo foi por causa da carteirinha da neném”, contou Yasmin.

Adriana recuperou a carteirinha da Cassems e os demais documentos e ainda aproveitou para dar uma surra no rapaz, enquanto a polícia estava a caminho. “Eu bati nele com gosto. A única coisa que eu queria era os documentos e carteirinha da Cassems da minha filha”, contou a enfermeira.

Prisão - O adolescente foi apreendido e entregou o parceiro de assalto, Júlio César Alves, 37 anos, que está na condicional há 5 meses e tem passagens por homicídio, roubo e assalto. Júlio foi encontrado nas imediações e preso. Na carteira da vítima havia R$ 250, que Adriana ganhou da irmã para pagar o médico. O dinheiro não foi recuperado.

Na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cento, o adolescente disse que faz assaltos para conseguir dinheiro e comprar droga. “Minha mãe que me mandar para uma clínica, mas tenho medo porque meu colega foi e voltou babando”, disse o rapaz, ao lembrar que hoje completa 17 anos. “Minha mãe só vai me tirar daqui se for para uma clínica, mas eu não quero”, acrescentou.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Parabéns a esta senhora por esta atitude corajosa; muito embora as instituições reprovem este comportamento, estas não nos oferecem segurança e nem a punição exemplar aos criminosos, sejam eles ladrões de galinha e ou do colarinho branco, enquanto isso vamos nos defendendo como dá !!!!
Brasil o País do "faz de conta"; O governo finge que dá segurança, educação e Saúde, o povo finge que que recebe, e todos juntos, fingem que são felizes !!! cadê a seriedade desta nação ???? a jornalista Sheherazade, embora crucificada não disse nada de mais; Aliás este caso é bem parecido ao ocorrido no RJ, não é ???
Que Deus abençoe esta Senhora e sua Filha em seu tratamento de Saúde !!!
 
Janes Eduardo de Barros em 31/08/2014 13:26:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions