ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Mais de 100 moradores estão sem energia há 3 dias após problema em disjuntor

Moradores relatam prejuízo com a perda de alimentos na geladeira devido à falta de energia

Por Liana Feitosa e Ana Beatriz Rodrigues | 05/07/2022 17:32



Mais de 100 moradores do residencial Nelson Trad, no Condomínio Acácia, estão sem energia desde a noite de sábado (2). O problema nos apartamentos que ficam na Rua Aracy de Almeida, no bairro Jardim Carioca, está em um disjuntor localizado dentro do residencial, de acordo com eletricista acionado pelo condomínio.

Há apartamentos que estão com a energia em meia fase, apenas com as tomadas funcionando, em baixa voltagem. Em outros, as tomadas não funcionam, mas as lâmpadas funcionam em meia fase. Ao todo, são 80 residências com problema no fornecimento elétrico.

A operadora lotérica Daniele Kruki Costa mora no residencial com o marido e dois filhos, um de 14 e outro de 3 anos, e precisou enviar os filhos para a casa da sogra devido aos transtornos gerados pela falta de energia, como prejuízo com a perda de alimentos.

“Eu faço marmita todo sábado para meus filhos comerem ao longo da semana, e desde sábado à noite estamos sem energia”, detalha.

Condomínio Acácia, que fica na Rua Aracy de Almeida, no Jardim Carioca. (Foto: Kísie Ainoã)
Condomínio Acácia, que fica na Rua Aracy de Almeida, no Jardim Carioca. (Foto: Kísie Ainoã)

Em vídeo divulgado entre os condôminos, um morador também relatou a perda de alimentos que descongelaram na geladeira. “Comida tudo perdendo, carne descongelada, tudo pela falta de energia”, conta.

Energisa - Acionada desde o início do problema, a concessionária explicou em nota que “orientou a administração do condomínio a providenciar reparos nas instalações elétricas (internas) após o atendimento emergencial realizado no sábado, onde foi constatado defeito interno na rede de um dos blocos do condomínio.”

O condomínio, então, acionou um eletricista para fazer o reparo, o que não pode ser feito em um primeiro momento devido à necessidade de que a Energisa interrompesse o fornecimento no poste para dar condições seguras ao profissional.

Ainda de acordo com a concessionária, “uma nova equipe esteve na tarde dessa terça-feira (5) no local, mas os reparos internos não foram realizados. A concessionária explica que para que os técnicos possam executar o serviço, é preciso garantir a integridade das instalações elétricas internas a fim de evitar riscos e assim normalizar o fornecimento de energia na região.” O problema continuou sem solução até o final da tarde.

Mais tarde, por volta das 17h40, a Energisa atualizou a situação afirmando que uma equipe está a caminho do local para restabelecer o fornecimento de energia “após o profissional contratado pela administração do condomínio finalizar os reparos." A previsão é que o serviço seja normalizado por volta das 18h30.

Nos siga no Google Notícias