A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/06/2015 21:05

Mais de 70 mil pacotes de cigarros foram apreendidos no fim de semana no Estado

Renata Volpe Haddad
Mais de 70 mil pacotes de cigarros contrabandeados foram apreendidos no fim de semana em MS. (Foto: Divulgação)Mais de 70 mil pacotes de cigarros contrabandeados foram apreendidos no fim de semana em MS. (Foto: Divulgação)

 

 

Nos últimos dias, foram apreendidos mais de 70 mil pacotes de cigarros contrabandeados pelo Paraguai, em Mato Grosso do Sul, durante ações realizadas pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e a Polícia Militar Rodoviária.

Na noite de domingo (28), o DOF montou um bloqueio rotineiro na MS-384, entre os municípios de Bela Vista e Antônio João. Os policiais deram ordem de parada ao condutor de uma carreta cor branca, que não obedeceu, tentou atropelar os policiais e fugiu em alta velocidade.

Houve perseguição, e durante o tempo todo o condutor da carreta tentou colidir com a viatura do DOF. O veículo foi abandonado às margens da rodovia e o motorista fugiu pelo mato, não sendo localizado. A carreta estava carregada com 42,5 mil pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A outra apreensão foi realizada pela Polícia Militar Rodoviária na MS-166, na região de Ponta Porã, no início da manhã de sexta-feira (26). No local foi abordado um caminhão vermelho, com placas de Araranguá (SC), que seguia sentido Guia Lopes da Laguna.

O condutor do veículo de 29 anos, informou aos policiais que transportava diversos pacotes de cigarros de origem estrangeira, que foram pegos em um posto de combustíveis desativado de Ponta Porã e que seriam levados para Três Lagoas, onde ele receberia R$ 2 mil pelo transporte. Em vistorias à carroceria do caminhão foram contabilizados 27,5 mil pacotes de cigarros de diversas marcas. O condutor foi preso e o veículo e a mercadoria apreendidos.

Na abordagem, um homem de 31 anos também foi detido, conduzindo uma pick-up de cor vermelha. Com um rádio transmissor operando na mesma frequência do caminhão, ele batia a estrada e passava informações ao motorista do caminhão, sobre a presença ou não de polícia no caminho.

Os acusados, os veículos e os cigarros foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã, para as providências cabíveis. De acordo com o DOF, as cargas e os veículos, juntos estão avaliados em quase R$ 3 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions