ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Manicure é presa com armas, droga e carro furtado após denúncias anônimas

Luciene passou por audiência de custódia na manhã desta terça-feira (8) e deve a prisão preventiva decretada

Por Geisy Garnes | 08/06/2021 11:03
Fórum de Campo Grande, onde são realizadas as audiências de custódia (Foto: Arquivo)
Fórum de Campo Grande, onde são realizadas as audiências de custódia (Foto: Arquivo)

Manicure de 41 anos, identificada como Luciene Teixeira da Silva, foi presa com duas armas calibres 22 e 32, pasta base de cocaína e um carro furtado, após denúncias sobre tráfico de drogas no Bairro Guanandi, em Campo Grande. O flagrante aconteceu nesta segunda-feira (7).

Denúncias de que a casa da suspeita era ponto de venda de drogas elevaram os policiais militares ao endereço da Rua Tocantins, no Bairro Guanandi. Quando chegaram ao local indicado encontraram um Fiat Uno estacionado na garagem e resolveram verificar a placa. Descobriram então que o veículo era produtor de furto/roubo.

Resolveram então entrar na casa. Na porta foram recebidos por Luciene. Não precisou procurar muito para encontrar drogas no local. Na sala, em cima do sofá, os policiais acharam meio tablete de pasta base de cocaína.

As buscas continuaram. Em uma mesa de cabeceira foram encontrados dois revólveres: um calibre 22 e outro calibre 32, além de várias munições, dinheiro e uma balança de precisão. No quarto, os policiais acharam ainda duas televisões enroladas em um pano. A mulher não apresentou nota fiscal e não soube dizer a origem dos aparelhos, que também foram apreendidos.

Diante da situação, a moradora afirmou apenas que sabia dos produtos ilícitos em sua casa. Por isso foi presa em flagrante por três crime: receptação, porte ilegal de arma e tráfico de drogas e foi levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol. Em depoimento, preferiu ficar calada e só se manifestar em juízo.

Luciene passou por audiência de custódia na manhã desta terça-feira (8) e deve a prisão preventiva decretada pela justiça. Seu envolvimento com o tráfico de drogas segue em investigação pela Polícia Civil.

Nos siga no Google Notícias