A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/05/2011 12:26

Manifestantes cobram utilidade pública para associação de travestis na Capital

Fabiano Arruda e Italo Milhomem

ATMS compareceu em sessão da Câmara no Dia Nacional de Combate à Homofobia

Manifestantes usam bexigas pretas para cobrar aprovação de projeto na Câmara. (Foto: João Garrigó)Manifestantes usam bexigas pretas para cobrar aprovação de projeto na Câmara. (Foto: João Garrigó)
Vereador Athayde Nery é autor do projeto que declara ATMS de utilidade pública.Vereador Athayde Nery é autor do projeto que declara ATMS de utilidade pública.

Cerca de 30 pessoas ligadas à ATMS (Associação de Travestis de Mato Grosso do Sul) marcaram presença durante sessão nesta terça-feira na Câmara de Campo Grande para cobrar o reconhecimento de utilidade pública da entidade na Capital.

Representantes do Conselho Estadual de Direitos Humanos também marcaram a presença e engrossaram o pedido.

A presença das pessoas ligadas à ATMS na Casa de Leis ocorre por conta do Dia Nacional de Combate à Homofobia, instituído hoje. As manifestantes, que levaram bexigas pretas, foram à Câmara para discursarem, porém, como não conseguiram se inscrever a tempo, não se pronunciaram.

O vereador Athayde Nery (PPS) falou em nome da entidade. Ele foi autor do projeto de lei que pede utilidade pública.

Durante a sessão, foi ressaltado o trabalho social que a entidade desenvolve em Campo Grande, como ações de proteção aos travestis, amparo jurídico e ações para qualificação profissional.

O parlamentar recordou que a aprovação da lei foi negada por duas vezes na Casa com alegação de questões morais. “Se existe utilidade pública para entidades voltadas a trabalhos com negros e idosos, por exemplo, porque não para homossexuais?”, questionou.

“Esta questão não pode ser tratada pela ótica moral, mas olhando questões como a violência”, disse o vereador, lembrando da agressão sofrida por jovem no mês passado ao sair de uma boate na região central da cidade, num dia voltado especificamente para homossexuais.

Já o presidente da Câmara, Paulo Siufi (PMDB), rebateu e diz que as reprovações anteriores do tema não ocorreram por questões morais, mas porque a Casa não reconhecia a necessidade de utilidade pública para a associação.

Siufi sugeriu que o assunto volte a ser debatido pelos vereadores e reconheceu o serviço público que a ATMS presta em Campo Grande.

Em entrevista, a presidente da ATMS, Cris Stefanny, afirmou que os vereadores não tinham conhecimento sobre as atividades da associação e que agora estão mais esclarecidos.

Comentou que a entidade desenvolve trabalhos há 10 anos e citou, entre os principais resultados, a diminuição da violência contra travestis em Campo Grande.

Além de serem contempladas com incentivos tributários, as associações de utilidade pública podem receber recursos firmados por meio de convênios.



Prezado Sr. Jose Leonardo, se tem alguem aqui com o minimo de formação biblica é mesmo o senhor, pois o que disse tem embasamento, em nenhum momento vi ou ouvi dizer que Jesus Cristo em seus mandamentos nos seus sermões usou a palavra sexo ou sexualiidade, isto é coisa do homem e por isto digo, mitológia e nada mais, muito bla bla bla bla bla bla mais nada, o lema é: "pequenas igrejas grandes negocios", o que vcs fazem é venda do ceu que não lhes pertence, pois a alma veio de Deus e a Deus retona, a carne veio do pó e ao pó retorna isto é biblico, então se o senhor é tapado ao ponto de não saber interplatar não venha com frasezinhas criadas de efeitos neo pentecostais e fundamentalistas e ditas por dicipulos que nada mais eram que fanaticos assim como o senhor...


Outra quem precisa mesmo estudar é V.Srª, tendo em vista, que mal sabe a diferença entre homossexualidade e transexualidade, pois o "senhor" a quem se refere deva ser seu pai ao menos é o que acho e espero que seja, pois eu na condição de transexual sou senhora, gostando o senhor ou não a lei me garante isto e a medicina tambem kkkkkkkkkk bayyyyyyyyyyyy... Passa bem e vai estudar a biblia, e sobre sexualidade e Gêneros...

Já ao senhor Roberto Cesar Portilho, continuo afirmando ao que disse antes, tudo ai que o senhor diz é palavra de dicipulos, melhor falando, nem de dicipulo eram e sim apostolos como os velhos manobristas profetas do velhotestamento, e este Paulo ? Um sujeito que alias era contra o casamento kkkkk, lembra? " bom seria que o homem não conhecesse mulher alguma. porem por causa do adulterio ou do pecado sei lá mais o que, melhor convem casar que amasiar" , pois bem, mais bla bla bla bla bla e bla bla, por favor assim como a biblia o alcorão e tantos outros livros são condsiderados sagrados isto vai da visão e da fé religiosa de cada ser e sociedade onde vivemos, mas aqui no brasil se o senhor não sabe somos livres e vivemos em um país laico sem religião unica e com uma politica democratica, o que quer dizer, que seguimos a religião que bem entendemos, e tem mais, se eu nem quiser acreditar neste tal Deus que vc acredita não estou praticando crime nenhum, a final o meu Deus prega amor e respeito aos seres humanos já o seu acho que deva ser de uma outra linhagem que não respeita o proximo.

 
Cris Stefanny em 22/05/2011 02:52:50
Bom vamos la!
Romanos 1:25
pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.

As mulheres trocaram seu uso natural:romanos 1:26-27

26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.

Entrar nos Santo dos Santos:Hebreus:10:19-22
19Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santuário, pelo sangue de Jesus,
20pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne,
21e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus,
22cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa,

Mateus 15:10,11-18-20
10E, chamando a si a multidão, disse-lhes: Ouvi e entendei:
11o que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.
18Mas o que sai da boca procede do coração, e isso contamina o homem.
19Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.
20São essas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem.

1Corintios 7:6-9 - quem nao consegue ser eunuco deve casar se nao consegue se conter

6Digo, porém, isso como que por permissão e não por mandamento.
7Porque quereria que todos os homens fossem como eu mesmo; mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira, e outro de outra.
8Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.
9Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.

Cris Stefanny, eis ai algumas respostas para o que voce colocou em pauta, Jesus veio trazer a liberdade das leis,porque os homens ja estavam usando de engano .
Ele morreu por nossos pecados de forma que nao precisamos mais fazer sacrifícios de animais para perdão de pecados,mas os princípios permanecem.

 
Roberto Cesar Portilho em 19/05/2011 11:59:30
Sr Cris Stefanny no meu ponto de vista o senhor nunca estudou uma palavra bíblica e não sabe interpretar também. acho que tem sim que contestar se o sr acha que é certo mas usar palavras e livros bíblicos sem se ter no mínimo conhecimentos dos fatos isso é hipocrisia da tua parte.
O senhor está defendendo o seu ponto de vista, então não adianta colocar textos e mais textos com baboseiras e palavras tirada de código de processo civil ou código civil, pois cada pessoa tem uma forma de pensar, e não vai ser com palavras bonitas que vai mudar algo, cada leitor está expondo o seu conceito, pelo visto não respeita as opiniões que sejam contra.
 
Jose Leonardo em 19/05/2011 11:07:48
Cara leitora Martha!

Em relação ao que a Srª diz do povo de Campo Grande MS, gostaria de fazer algumas perguntas, Aonde que a Srª mora? aonde que a Arª nasceu? quando é assim não tem nem aonde cair morta nem, deve tá devendo carnê das Casas Bahia, Riachuelo, Rener, C&a, do jeito que fala de Campo Grande a Srª mora nos EUA né... e se é tão poderosa assim ta fazendo o que lendo notícias e fazendo cometários idiotas em Sites de nossa maravilhosa Cidade de Campo Grande? vai lavar roupa, louça qualquer coisa de util na vida. E aos demais leitores do CG News me desculpem mais não aguento ver um desqualificado qualquer falar mal do meu Estado e da minha cidade. e continuem debatendo idéias, não opções... todo mundo é livre para fazer seu comentário, agora falar besteira vai ouvir besteira...
 
Robson Mendes em 19/05/2011 09:27:09
Você da a mão querem logo o braço inteiro. sou contra esse projeto. travestis, transexuais, gay e tudos os outros tem que ser tratados igual pessoas normais. agora só falta ter vagas para travestis em concursos publicos mesmo, já que não são diferentes porque é que não estudam e tentam passar, e não prescisaria de vagas para travesti negros e indios. Acho que vocês tem a mesma capacidade que nós temos. esse vereador não tem o que fazer mesmo. quer mostra trabalho mais esse tipo de trabalho, tantas pessoas precisando de recursos publicos e me vem um vereador e meia duzia de pessoas querendo rechonhecimento é o fim da picada mesmo. È o fim dos tempos mesmo.
 
Jose Leonardo em 18/05/2011 11:32:40
Prezados, eu sou Cris Stefanny, sou Presidente da ATMS a quase 10 anos, para quem não conhece nossos Trabalhos vai ai nosso site, (espero que o Campo Grande News ajude a divulgar) www.atms.org.br

Sonhores Caros Carlos lima, Eduardo Pacheco, Sonia Queiroz e Carlos Eduardo, entendo as discordâncias e aceito as divergências como pontos fundamentais da liberdade de expressão, aceito o direito ao contraditório e a não aceitação, porem sou contra o fundamentalismo religioso, mas a favor da liberdade religiosa, sou contra a padronização da "HETERONORMATIVIDADE" mas sou a favor da orientação sexual dos heteros, assim também vejo que, quando V.Srª´s souberem a diferença entre ser contra algo, mas saber respeitar pessoas e posições diversas, viveremos em uma sociedade justa e igaulitária nos principios democraticos de direitos e tambem cumprindo os deveres.

Para quem não sabe, ultilidade pública nada tem haver com previlégios ou ações especifica para as travestis ou LGBT´s em geral, como se fosse algo em desfavor aos demais cidadãos heterossexuais, o que vcs tem que entender de fato, é que o referido titulo só é um reconhecimento pelos trabalhos prestados a comunidade ou a uma significativa parcela desta mesma sociedade, lembrando que a ATMS presta: Apoio social, assessoria juridica, encaminhamentos e acompanahamento de pessoas HIV positivas sem distinção da sexualidade, busca do auxilio doenças, aposentadorias e orientações as pessoas inaptas ao trabalho, entre tantas outras lutas cotidianas que incluam o cidadão inclusive LGBT´s nas politicas de estados e municipios, por serem pessoas em situação de miserabilidade social, em espécifico aquelas pessoas vivendo com HIV ou as vitimas da HOMOFOBIA, exclusão social, em situação de riscos acrecidos, ou com maior probabilidade a estado de pobreza e propenso as mazelas que assolam a sociedade mediante a falta de politicas públicas de acolhimento e garantias de direitos, também não aceitamos sermos tratadas como seres inferiores, como também não queremos previlégios, apenas queremos que nos sejam garantidos os memos direitos que já são estendidos aos demais cidadãos deste país...

Sobre o assunto de cantadas recebidas de Homossexuais: Acho que é uma questão natural do ser humano, tanto heteros como LGBT´s, tendo em vista, que se uma mulher canta um homem, ou um homem a uma mulher, só vai haver pratica sexual ou afetiva se for correspondido pelas partes, assim tambem entre dois homens ou duas mulheres, não vejo ai probelam algum, pois existem o velho ditado popular: "quando um não quer, dois não brigam"... Não entendo o porque de se sentir ofendido com uma cantada, quando a resposta deveria ser não e a atitude ignorar o fato, porque nunca vi um homem processar mulheres nem mulheres a homens por cantadas, assim que se trata de homossexuais, nos deparamos com atitudes como a estas de sempre querer impretar sanssões aos mesmos, o que deixa claro, que precisamos mesmo de leis que assegurem o que a constituição já nos garante, mas que dioturnamente nos é negado, sendo 78 direitos dispensado aos heteros e negados aos LGBT`s...

Sem mais,

Cris Stefanny - ATMS
 
Cris Stefanny em 18/05/2011 11:21:25
O trabalho desenvolvido pela ATMS é de importância singular, sua presidente atua de forma séria e consciente de seus direitos. O reconhecimento de utilidade pública é uma formalidade que os vereadores devem reconhecer, pois o trabalho social já é desenvolvido. O tema da organização política e social dos homosexuais, pode pender para análise ironicas e, por vezes preconceituosa, porém, não podemos nos deixar levar por análises simplistas, o reconhecimento de utilidade pública é um direito da ATMS, como são ong que auxiliam na proteção social de crianças, por exemplo.
Ambas são rganizações que auxiliam o Estado no papel de proteger de seus direitos os cidadãos.

Parabéns, Cris pelo seu trabalho sério, honesto e comprmetido com a cidadania.

Silvio
 
Silvio vieira em 18/05/2011 10:55:50
Quanto preconceito, aliás, quanta desinformação... Como é possível tanto comportamento neandertal? Ah, claro, tinha me esquecido.... É a caipirada de Campo Grande! Uma dica: LEIAM, apenas... Deixem de encher o bucho de cachaça, carne e tereré que quem sabe assim vocês fazem alguma coisa na vida. Afinal, vocês têm ABSOLUTA certeza de que o filho de vocês não vai ser gay, não é?
 
Martha Mendonça em 18/05/2011 10:25:31
Porque essa preocupação toda com travestis e homossexuais em geral? O que eles tem de mais importante que os outros cidadãos? Por favor vereadores dêem mais atenção à saúde, à educação e à segurança pública! Agora esse assunto de homossexualidade virou moda! Palhaçada!!
 
Joceane Paula em 18/05/2011 10:04:13
respeito a opção sexual de cada um, mas eles não pode ter previlegios diferenciados pq eles não são diferentes só tem um pensamento diferente
daqui a pouco vão querer vale gás,vale refeição vale tudo bolsa gay acho que eles tem que trabalhar e pronto pq ninguem é obrigada a ser e pensar igual a eles cada um tem seu direito de ir e vim e respeiter uns aos outros. tenho amigos gay adoro eles só acho que tem alguns que abusa muito e do mesmo jeito que eles querem ser respeitados nos tb queremos pq tenho filhos menores e fica dificil esplicar td isso a eles
 
silvane amorim em 18/05/2011 09:35:28
Pessoal como eu já disse antes,volto a repetir, entendo as discordâncias e aceito as divergências como pontos fundamentais da liberdade de expressão, aceito o direito ao contraditório e a não aceitação, porem sou contra o fundamentalismo religioso, mas a favor da liberdade religiosa, sou contra a padronização da "HETERONORMATIVIDADE" mas sou a favor da orientação sexual dos heteros, assim também vejo que, quando V.Srª´s souberem a diferença entre ser contra algo, mas saber respeitar pessoas e posições diversas, viveremos em uma sociedade justa e igaulitária nos principios democraticos de direitos e tambem cumprindo os deveres.

Para quem não sabe, ultilidade pública nada tem haver com previlégios ou ações especifica para as travestis ou LGBT´s em geral, como se fosse algo em desfavor aos demais cidadãos heterossexuais, o que vcs tem que entender de fato, é que o referido titulo só é um reconhecimento pelos trabalhos prestados a comunidade ou a uma significativa parcela desta mesma sociedade, lembrando que a ATMS presta: Apoio social, assessoria juridica, encaminhamentos e acompanahamento de pessoas HIV positivas sem distinção da sexualidade, busca do auxilio doenças, aposentadorias e orientações as pessoas inaptas ao trabalho, entre tantas outras lutas cotidianas que incluam o cidadão inclusive LGBT´s nas politicas de estados e municipios, por serem pessoas em situação de miserabilidade social, em espécifico aquelas pessoas vivendo com HIV ou as vitimas da HOMOFOBIA, exclusão social, em situação de riscos acrecidos, ou com maior probabilidade a estado de pobreza e propenso as mazelas que assolam a sociedade mediante a falta de politicas públicas de acolhimento e garantias de direitos, também não aceitamos sermos tratadas como seres inferiores, como também não queremos previlégios, apenas queremos que nos sejam garantidos os memos direitos que já são estendidos aos demais cidadãos deste país...

A única coisa lastimavel que vejo é as pessoas querer usar a biblia como escudo de seus precocneitos fundamentalistas, ao invez de expor sua linha de raciocino e pensamento, pois aqui vai alguns Capitulos e Versiculos Biblicos para reflexão:


Levítico 18.22 diz ( Com homem não se deitaras como se fosse mulher e abominação )
Levítico 20.13 diz ( Se também um homem se deitar com outro homem, como
se fosse mulher, ambos praticam coisa abominável; serão mortos, o seu
sangue cairá sobre eles

Altamente contestavel estes dois versos de levitico, pois aqui fala especificamente de homens que deita se com outro em condições de mulheres, o que deixa uma dúvida nas leis de Moises, tendo em vista que as lesbicas não são citadas, todas então vão ao ceus sem nenhum problema, menos os gays... Quanta insensatez e machismo...

Mas agora temos que nos aprofundar bem na história e em toda a mitológia de do velho testamento em especifico ao livro de levitico: O mesmo condena ter relação sexual com as esposas em periodo mestrual, pribe os coxos, aleijados, cegos e todos os que tem deficiência fisica de ir ao altar de Deus por serem amaldiçoados, diz que não devemos plantar dois tipos de semente na mesma terra. (coitado de nosso agricultores) não se pode comer carne vermelha, nem mesmo cortar as estremidades das barbas ou o cabelo em redondo, os franciscanos e os homens que costumam fazer barba já tem lugar no inferno, coitados então dos que depilam...

2 Coríntios 5:17 Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. Não vivemos sob a lei de Moisés, hoje em dia. Jesus aboliu essa lei por sua morte (Efésios 2:14-15). Estamos mortos para essa lei para que possamos estar vivos para Cristo (Romanos 7:4-7). A lei gravada nas pedras, no Monte Sinai, extinguiu-se e a nova aliança permanece (2 Coríntios 3:6-11). A lei funcionou como um tutor para trazer o povo a Cristo, mas não estamos mais sob esse tutor (Gálatas 3:22-25). Aqueles que desejam estar sob a lei estão abandonando a liberdade em Cristo e retornando à escravidão (Gálatas 4:21-31). As pessoas que voltam a essa lei estão decaindo da graça e se separando de Cristo (Gálatas 5:1-6). Não temos o direito de retornar a essa lei, para obrigar que guardem o sábado, a circuncisão, os sacrifícios de animais, as regras especiais sobre roupas, a pena de morte para os filhos rebeldes, o dízimo e qualquer outro mandamento da lei de Moisés.

Vivemos sob a autoridade de Cristo e temos que encontrar a autoridade religiosa na nova aliança que ele nos deu através de sua morte. Ele é o mediador desta nova aliança (Hebreus 9:15). Seremos julgados por suas palavras (João 12:48-50). Desde que Jesus tem toda a autoridade, temos a responsabilidade de obedecer tudo o que ele ordena (Mateus 28:18-20).

Depois de tudo isto vem a ultima parte se a sexualidade humana para Jesus fosse tão importante porque ele msmo não fez mensão, apenas criticava os escribas e farizeus por suas atitudes maxistas e precoconceituosa? abaixo veremos apenas uma única vez em que Jesus faz mensão a sexualidade humana e a cerca de casamento matrimonial e a quem ele é destinado ou não.

MATEUS [19]

10 Disseram-lhe os discípulos: Se tal é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar.

11 Ele, porém, lhes disse: Nem todos podem aceitar esta palavra, mas somente aqueles a quem é dado.

12 Porque há eunucos que nasceram assim;

(È bom lembrar que a única vez em que Jesus fala sobre sexualidade é enerente aao casamento e casamente aqui era entre homens e mulheres, porem veja o que Jesus fala que nem todos nacram para tal conduta, e que a palavra euonuco não se lilimita aos castrados, e sim atodos os que não tem relação sexual com mulheres nem mesmo o ato da procriação como quer as igrejas)

Quem será os euonucos que nasceram assim? CLARO que trata especificamnte de homens homossexuais,,,

e há eunucos que pelos homens foram feitos tais; (Homesn que foram castrados para servir a outros homens e reis)

e outros há que a si mesmos se fizeram eunucos por causa do reino dos céus (homens que servem a castidade em nome da igreja obdecendo uma crença religiosa).

Quem pode aceitar isso, aceite-o.

Bom acho que nem preciso falar mais nada, O lema é pequenas igrejas grandes negocios, mas Jesus disse: não façais da casa de meu pai uma casa de comercio...Piorou fazer da casa de Deus lugar de policagem como fazem os fundamentalistas religios pela gana ao poder...
 
Cris Stefanny em 18/05/2011 08:47:34
concordo com vc,carlos eduardo,vc esta coberto de razão,gente temos tanta coisa p ser levado a cãmara...
 
maira mendes em 18/05/2011 08:39:17
acho que, o que se propoe essa associação a fazer é trabalho do governo, e se for aprovado será mais um ralo pra ir recursos fora como tantos por ai. Pensando dessa maneira eles ( negros e gays etc... ) ficam cada vez mais discriminados, pois ficam brigando por uma fatia cada vez maior do bolo e se destacando dos demais da população causando cada vez mais indiferença, com dia especial ( negros ) pra eles no ano, ( feriado ), cota nas universidades, daqui a pouco banheiros especiais pra gays, isso cada vez mais discrimina na minha opinião, tanto que chegará a um ponto que se você olhar está discriminando ou se tirar os olhos também, só espero que não chegue a ponto de casamento nas igrejas certamente será o fim daquela que tentar, leia na biblia Levítico 18:22) e 1 Coríntios 6;9. buscai a Deus enquanto há tempo.

 
luis marcos em 18/05/2011 08:28:10
Gente.. Casa de leis legislar para minoria!!! Isso não é muito democratico não.. Bom legislar tem que ser para todos.. Então vejamos: A saude brasileira em geral ta um desastre.. A Educação uma lastima.. Os professores são a categoria que mais merecia apoio profissinal e são relegado a segundo plano e não é de hoje.. As estradas matam mais que os bambardeios no Oriente Médio.. A segurança perdeu a noção de seu papel e os bandidos tão fazendo vitimas toda hora.. Ciranças jogadas nas ruas aos montes e usando drogas... As empresasa todo dias quebram aos montes por falta de politica justa e o desemprego se acelera..transporte coletivo só quem usa pra saber como esta dificil.. Em resumo Gays,Travesti, união gay.. isso é minoria.. e existe a séculos.. e não vai acabar.. Hora vamos cuidar do que interessa gente, da famailia que o esteio da sociedade, que pode salvar e melhorar isso tudo que falei.. Não discriminando ninguem apenas acho que ha coisas mais importantes e urgente para uma casa de leis tratar do que travesti que pode muito bem continuar como sempre foram..
 
carlos lima em 18/05/2011 08:13:34
Hum que legal!!!!
Também devera ter vagas asseguradas para as faculdades e concursos públicos, prioridades no atendimentos medico, etc...
Ser homo e opcional, os direitos de cidadão já e garantido, então chega de folia e vamos cuidar realmente de assuntos que ajudem a todos que realmente precisam de atenção para ter dignidade como pessoa, o transito de Campo Grande que esta uma vergonha, bandidos que estão matando e roubando,a violência contra as crianças em forma de exploração...
Senhores chega de hipocrisia e vamos tratar de assuntos que realmente justifique a nossa existência!!!!
 
Roberto Cesar Portilho em 18/05/2011 07:54:02
A FRAGILIDADE DOS PAIS, FRAGILIDADE GOVERNAMENTAL, EDUCAÇÃO INVERTIDA QUE HOJE SE PRATICA, FALTA DE PRATICAREM A PALAVRA DE DEUS BÍBLICA, PRINCIPALMENTE A PATERNAL, QUE NÃO LEVA MAIS A FAMÍLIA PARA A IGREJA, CASA DE DEUS, EXIGÊNCIA DA LEI MAIOR, BÍBLIA, RELIGIÃO LEGAL, O DESCONHECIMENTO DE DEUS, FEZ COM QUE FOSSE CRIADO UM TERCEIRO SER HUMANO, QUE NÃO FAZ PARTE DO POVO DE DEUS, E SIM DO MAL, POIS DEUS DEIXOU SOMENTE HOMEM E MULHER, E SÓ A MULHER PODERÁ PROLIFERAR OUTRO SER HUMANO, OUTRO SER NÃO PODE, POIS SE PUDER NÃO É DO PRINCÍPIO DIVINO, ENTÃO VAMOS FALAR A VERDADE, VAMOS ENSINAR A VERDADE POLÍTICOS E POVO BRASILEIRO, ENSINAR A PALAVRA DE DEUS PARA ESSES DOENTES ESSES FRACOS PARA QUE ELES SE TORNEM FRACOS E CONSULTEM PADRES E PASTORES, OS PAIS NÃO AS MÃES, SE ISSO VIER ACONTECER, ESSA TERCEIRA GERAÇÃO HUMANA, SE EXTERMINARÁ, POIS NÃO FAZEM PARTE DO GRUPO DE DEUS, ESTA ESCRITO, QUE UNIÃO DE PESSOAS DO MESMO SEXO, E ABOMINÁVEL AO SENHOR, LEIA LEVÍTICO CAP.18, VERSÍCULOS DE 1 AO 30, EM ESPECIAL AO 22, ESTA ESCRITO, SE ESTÁ ESCRITO TERÁ QUE SER CUMPRIDO, É A MAIOR LEI, A DE DEUS E COM DEUS NÃO SE BRINCA, E QUEM VAI CONTRA A LEI, É PUNIDO.
 
PEDRO BRAGA em 18/05/2011 02:32:18
a grande verdade em meu modo de ver este assunto, é que realmente os travestis, gays, bissexuais e simpatizantes ai, são tratados da mesma maneira que o cidadão comum, e a eles são estendidos os mesmos braços que o Estado estende a todos nós, na minha sala mesmo, onde curso Direito, existe uma travesti, muito digna e honrada e vem nos surpreendendo cada dia mais com seus esforço e discernimento e faço das palavras desta colega as minhas, quando ela diz que não deve se lutar por direitos a travestis, bolsas e cotas para negros e indios, por que na realidade, isto sim é uma maeira de se auto preconceitualizar, por que, se faz se necessários esta cotas, bolsas e outros benefícios, é por que os travestis, negros, indios etc são inferiores a nós? Tem o Q.I inferior? Sao incapazes de passar em um concurso, ingressarem em uma universidade publica, exercerem um cargo de envergadura maior? Nao meus colegas, ao meu modo de enxergar nao, sao pessoas tao capazes quanto nos, e sao como nos, nao tem nada de diferentes, por isso acho que estes eventos, ao inves de produzir efeitos positivos, infelizmente, disciminam mais ainda o preconceito e as diferencas, ja e passada hora depararmos com isso e nos tratarmos com igualdade.
 
Gustavo Cesar em 18/05/2011 02:30:18
é isso ai Roberto Cesar Portilho!!

 
Sergio jose em 18/05/2011 01:51:58
Cara leitora Martha!
Em relação ao comportamento que como você disse neandertal, não e tão antigo assim como você pensa, num contexto geral,nossas leis e condutas éticas e morais foram criadas a partir da Bíblia,quer você goste ou não.
A seguir sua estreita linha de raciocínio, a forma que você julgou "a caipirada de Campo Grande,que sabem apenas encher o bucho de cachaça, carne e tereré e não fazem nada",e sobre esse tipo de comportamento que iniciou a tão cogitada Homofobia, você que esta ai a defender o "movimento",deveria deixar de ser preconceituosa quanto a cultura do povo SUL-MATO-GROSSENSE, como você quer levantar uma bandeira contra a violência ofendendo aos outros, a discussão e sobre direitos,e o seu e de se calar!!
 
roberto portilho em 18/05/2011 01:33:58
Parabéns a Cris e Associação dos Travestis de MS pela iniciativa, coisa que falta para muitos que só sabem criticar e dizer que existe questões mais importantes, mas nunca se moveram pra nada a não ser a boca pra reclamar.
 
Belkiz Freire em 17/05/2011 11:44:57
kkkkkkkkk, Carlos Eduardo acho que vc nem sabe o que é utilidade Publica né....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

É isso ai Cris, estamos com vcs na luta por mais um reconhecimento........
 
Daniela Fialho em 17/05/2011 10:04:58
Na semana que se discutia no Brasil a homofobia que o jogador do Volei Futuro sofreu no jogo contra o Cruzeiro ( o que por sinal com certeza deveria ter alguns homossexuais na torcida do Cruzeiro tb) , houve no Brasil a chacina no Realengo, realmente tem muitas outras coisas muito mais importantes para se resolver, acabar com a violência ou diminuir pelo menos, não só contras travestis mas em favor da população em geral, por sinal sou casado,uso aliança e não tenho preconceito, mas dias desses deixei minha familia no carro e fui cantando por dois gays dentro de um comércio, o que eu poderia fazer nesse caso dar parte tb? E olha que isso acontece bastante.
 
eduardo pacheco em 17/05/2011 07:28:23
mendigos foram queimado dormindo e não houve nenhuma criação de lei, hum! foi violencia ou não? porque só viram a violencia contra os homessexuais. é só cumprir
as leis todos são ser humano temos a constituição Federal
 
sonia queiroz em 17/05/2011 05:33:26
Leonardo, reconheço um tom de ironia na sua consideração! A Associação dos Travestis de MS necessita do reconhecimento da CASA DE LEIS que é a nossa Camara de Vereadores, para desenvolver projetos com financiamentos do municipio ou do estado. A ATMS desenvolve projetos com o Governo Federal no que se refere a cursos qualificação profissional, informatica e acompanhamentos dos portadores de HIV na fase terninal. Toda entidade sem fins lucrativos que presta serviços a comunidade precisa desse reconhecimento para ampliar sua atenção nos futuros convenios. O corre que isso poderia ser simples e sem muito estardalhaço. Como nossa Camara tem vereadores evengelicos fundamentalista - o projeto já passou duas vezes e não foi aprovado por puro preconceito. Reconheço que há muito que se tratar dentro na Camara de vereadores além disso deve-se reconhecer que as entidades com fins específicos na nossa sociedade laica desenvolve projetos que atendem as diversidades e é um trabalho significativo por se tratar de seres humanos que precisam de atenção. A ATMS tem do Governo Federal o reconhecimento pelo bom trabalho que já desenvolve com recursos da união. De forma que os seres humanos independente da sua condição de credo, sexo,raça...Todos devem ser tratados de forma respeitosa e com direitos iguais! Está garantido na nossa Constituição Federal!
 
Prof.Janio Baista de Macedo em 17/05/2011 04:14:45
Também acho que existem outras questões mais relevantes para serem tratadas pela Câmara de Vereadores. Aliás e por exemplo, a questão da Santa Casa, embora não tenha sido objeto de exaustivo debate pelos vereadores, certamente é mais relevante do que a utilidade pública vislumbrada pelo sr. vereador.
Além disso, com base no teor da reportagem, não vejo utilidade pública na associação. A violência contra os homossexuais, nos seus diversos segmentos e não apenas em relação aos travestis, deve ser enfrentada e reprimida pela polícia, tal como ocorre com os demais cidadãos.
Não vejo o/a travesti como pessoa inferior; mas também não vejo como pessoa superior. Não hã razão para tratamento privilegiado.
 
Carlos Eduardo em 17/05/2011 04:04:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions