ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  29    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Marido é suspeito de matar professora na Chácara dos Poderes

Por Nadyenka Castro e Paula Maciulevicius | 22/08/2012 13:40

Ele está desaparecido e na casa foram encontradas roupas dele sujas de sangue

Movimentação policial na chácara na manhã desta quarta-feira. (Foto: Rodrigo Pazinato)
Movimentação policial na chácara na manhã desta quarta-feira. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A Polícia Civil suspeita que a professora Zilca Fernandes Marques, 46 anos, tenha sido morta pelo próprio marido. Ele está desaparecido e na residência do casal foram encontradas roupas dele sujas de sangue.

O corpo de Zilca foi encontrado na manhã desta quarta-feira pelo caseiro da chácara e pela mãe dela. O cadáver estava na sala da casa onde ela morava com o marido, na Chácara dos Poderes, em Campo Grande.

De acordo com o delegado Márcio Custódio, Zilca foi atingida por 11 a 12 golpes de faca, arma que ainda não foi localizada. Há no corpo lesões de defesa, que indicam que ela tentou se defender da violência.

Há manchas de sangue no quarto, na cozinha e no banheiro. Neste último cômodo foram encontradas roupas do marido da professora sujas de sangue. A Polícia calcula que Zilca tenha sido morta há pelo menos 30 horas, na noite de segunda-feira.

O esposo é o principal suspeito de ter matado Zilca porque, além de estar desaparecido, tudo indica que ele tenha tomado banho, deixado as roupas sujas de sangue no banheiro e fugido com a Saveiro de cor prata que ficava na chácara. O carro também não foi encontrado.

Segundo Márcio Custódio, será investigado como era a relação do casal e se há histórico de violência doméstica. Familiares serão ouvidos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário