A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

24/08/2011 16:11

Menina de 15 anos confessa que atirou em jovem, mas alega que foi acidente

Nadyenka Castro e Ana Paula Carvalho

Ela disse que achou revólver 38 no chão e foi brincar com a arma

Revólver de onde saiu o disparo foi entregue pela adolescente. (Foto: Simão Nogueira)Revólver de onde saiu o disparo foi entregue pela adolescente. (Foto: Simão Nogueira)
No chão ficou mancha do sangue de Paulo Henrique. (Foto: Simão Nogueira)No chão ficou mancha do sangue de Paulo Henrique. (Foto: Simão Nogueira)

Uma adolescente de 15 anos se apresentou na tarde desta quarta-feira à Polícia e disse que foi ela quem atirou em Paulo Henrique Fernandes Guimarães, 19 anos, no início da noite dessa terça-feira, no Jardim Presidente, em Campo Grande.

A garota contou que no último sábado estava em um baile no bairro Nova Lima, viu o revólver calibre 38 no chão, pegou e o levou para casa. Disse ainda que não pensou em entregar a arma à Polícia.

No início da noite dessa terça-feira, ela pegou o revólver e foi para casa de uma amiga localizada na rua Henrique Masse. No local havia várias pessoas tomando vinho, entre elas Paulo Henrique, o qual foi atingido por um tiro.

A menina declarou que foi ela quem atirou, acidentalmente. Segundo a jovem, ela pegou a arma “para brincar”, mas não sabia que estava carregada e então houve o disparo. “É uma culpa que eu vou carregar para o resto da vida”, diz.

Após o disparo, ela afirma que ficou nervosa, fugiu e na manhã desta quarta-feira telefonou para a mãe e então se apresentou no início da tarde.

Grave- Paulo Henrique foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para a Santa Casa, onde permanece em estado grave.

Ele passou por cirurgia e aguarda vaga para o CTI (Centro de Tratamento Intensivo). O estado dele é grave. O tiro atingiu a coluna cervical, próximo ao pescoço.

O local - Na casa onde aconteceu o crime mora uma jovem de 21 anos, a qual, segundo vizinhos, não é vista na residência há uma semana.

Os vizinhos contam que neste período, a adolescente, mais duas garotas e dois rapazes são vistos frequentemente no imóvel.

À noite, os rapazes chegam em uma motocicleta e fazem muito barulho durante a madrugada.

A residência é de alvenaria, inacabada e tem dois quartos. Nestes cômodos há dois colchões em cada. Pela casa há muitas roupas - femininas e masculinas - espalhadas e garrafas de vinho vazias.

No quintal há jogados preservativos usados e embalagens. Há também outros tipos de lixo.

Uma vizinha, que preferiu não se identificar, conta que já pediu várias vezes para a moradora limpar o quintal. Fala ainda que quando a jovem está em casa não há algazarra e a definiu como “gente boa”.

No quintal do imóvel há muito lixo. (Foto: Simão Nogueira)No quintal do imóvel há muito lixo. (Foto: Simão Nogueira)
Garota diz que tiro foi acidental. (Foto: Simão Nogueira)Garota diz que tiro foi acidental. (Foto: Simão Nogueira)
Homem é baleado há pouco no Jardim Presidente, em Campo Grande
Vítima foi encaminhada para Santa CasaUm rapaz de 19 anos foi baleado agora há pouco na rua Henrique Massi, no bairro Jardim Presidente, em Campo Gr...
Após confusão, homem é atingido com um tiro em conveniência da capital
Um homem de 20 anos ficou gravemente ferido depois de ser atingido na região lombar por um tiro quando estava em uma conveniência localizada na Aveni...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions