A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/01/2011 15:10

Menino que era trancado em quarto fica com avô e irmã vai para abrigo

Danúbia Burema

Criança de apenas cinco anos tinha sinais de maus-tratos

Criança tinha marcas de agressão nas costas. (Foto: Divulgação Polícia Civil)Criança tinha marcas de agressão nas costas. (Foto: Divulgação Polícia Civil)

O menino de dois anos que era trancado em um quarto sujo e escuro ficou sob a guarda provisória do avô paterno, depois que a mãe e o padrasto foram presos em flagrante por maus-tratos e cárcere privado. A situação do garoto foi descoberta na manhã de ontem e ele retirado da casa no Jardim Los Angeles, em Campo Grande.

Segundo informado pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), a irmã dele de 4 anos teve que ser levada para um abrigo do Conselho Tutelar.

A delegada responsável pelo caso, Aline Sinnott Lopes, explica que os avós paternos da criança queriam a guarda, mas como o nome do pai da menina não consta em seu registro, não era possível comprovar o parentesco.

Agora a criança permanecerá em um abrigo até que os avós consigam na Justiça a guarda. Conforme a delegada, a menina também era agredida em casa, mas em menor intensidade que o garoto de dois anos.

Ele era deixado de joelhos e apanhava do padrasto de 22 anos caso mudasse de posição. Quando foi encontrado, o menino estava sujo com a própria urina e fezes. Conforme apurado pela Polícia, ele era trancado no quarto para não defecar mais nas roupas.

O padrasto que praticava os maus-tratos contra as crianças estava em liberdade condicional por homicídio e se relacionava com a mãe delas há um ano.



Maus tratos dado a uma criança de dois anos é de extrema crueldade, não dá pra entender!!! Como essa pessoa teve a coragem de levar para conviver com seus filhos esse monstro já envolvido no artigo 121 do CPB??
 
Maria Glória Souza de Deus em 25/01/2011 02:35:46
Como pode ter pessoas q fazem tantas crueldades nesse mundo , acada dia q passa o seres humanos estao perdendo o amor... falta de Deus , falta de orar , rezar , olhar para o ceu e ver o lua o sol... falta de Deus no coraçao.
 
paulo sandro pls em 23/01/2011 06:43:23
infelizmente a humanidade está cada vez mais cruel,e Deus não tem nada haver com isto pelo contrário ele nos prepara através de sua palavra ,"o amor de muitos esfriará...haverá pais contra filhos e filhos contra pais... é o fim dos tempos.
 
laura verao em 22/01/2011 09:53:59
olha...é impressionante como tem pessoas capazes de ser tão cruel assim...não consegue ter um pouco de sensibilidade com os próprios filhos...ao invés de carinho,só sabe maltratar,daí quando o filho cresce,cresce revoltado,tralmatizado sem apoio da familia...aí conhece o mundo das drogas,violencia...aí começa a maltratar até os proprios pais que...qdo acordam p/ realidade já é tarde.aí ficam deseperados querendo q ofilho saia daquela vida,que eles proprios foram o motivos da sua entrada.aí resolvem querer cobrar das autoridades uma coisa que eles poderiam ter evitado lá no começo.É um absurdo o que nós temos que ver e ouvir em nosso dia-a-dia.
 
JULIO CESAR em 22/01/2011 09:42:15
Brasil não tem lei é pais de bandidos. Lei aqui não existe, e por isso ninguém teme ! No Brasil o crime compensa !
 
Angelo Fantin em 22/01/2011 08:13:00
Meu Deus...dois aninhos..é um bebe...Mesmo que esta criança tvesse mais idade que mae que ama seu filho faria isso??Que Deus tenha misericordia da vida dela...pois na cadeia nao terão...
 
Michelle Farell em 21/01/2011 10:12:58
Ainda bem bem que descobriram a tempo essa crueldade com essas crianças Deus abençõe quem fez essa denuncia e tambêm esse avô que vai cuidar dessas crianas tomara que ele consiga a guarda dessa menina tambêm essas mãe nem deveriam ter filhos são uns monstros
 
Regina Carvalho em 21/01/2011 09:39:45
que mostro este padrasto e mãe é uma porca suja,admitir estas coisas com seus filhos....
 
Maria estela em 21/01/2011 06:02:23
olha!isto e de indignar que e pai ou mãe de verdade, porque esta mãe nunca foi mãe, pra completar se ajunta com qualquer um para maltrar as crianças que nem filhos dele era, isto e uma vergonha, esta mãe n pode ser chamada de mãe, mas sim uma covarde, pois uma criança tao pequena que nao pode se devender, porque nao coloca este homem, que diz que e homem para bater em um homem de verdade, vamos ver se ele consegue, um covarde pois isto nao se faz, tem tanta gente querendo um filho e nao pode ter, estes estrupicios que nao sabe cuidar dos que tem, Deus nao deverir dar esta dadiva para esta mulher sem coração, e sem amor proprio , por deixar que este covarde faca isto com seus filhos, isto me deixa indigna e muito porque quem e mãe de verdade, pode ate corrigir o filho mas n a ponto de destruir a vida da criança, sem pensar no psicologico e o futuro da criança, estas pessoas teriam que passar pelo que a criança passou para aprender respeitar os pequenos, seus covardes************
 
debora maria rodrigues de oliveira em 21/01/2011 05:22:52
LUGAR DE VAGABUNDO É NA CADEIA....MANDA ELE VIR PEGAR UM DO TAMANHO DELE....VAMOS VER SE ELE É MACHO MESMO. E A MÃE DEVE FICAR PRESA NO MÍNIMO UNS 30 ANOS.
 
Rogerio costa em 21/01/2011 04:30:26
nossa que brutalidade deste mostro, espancar uma criança indefesa,sera que ele gostaria de ser espancado . e essa mae se e que se pode chamar de mae . que deus ilumine os caminhos destas crianças e proteja elas.
 
AGNALDO ESPINOSA DA SILVA em 21/01/2011 04:14:34
Isso e revoltante, como que um ser humano e capaz de pratica esta crueldade com uma criança, eu sou pai e fico pensando o que fazer com uma cara desse......
 
Orivelto Dutka em 21/01/2011 04:09:37
A mãe ainda é a maior responsavel pelos acontecimentos com seus filhos ou mesmo em sua vida, pois não pensam nas consequências de um relacionamento mal sucedido.
Diante das dificuldades que a vida apresenta elas acabam agravando ainda mais a sua situação e de seus filhos se relacionado com pessoas não recomendável diga se passagem.
 
Maria Luiza Corvalã dos Santos em 21/01/2011 03:58:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions