ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Mesmo sem feriado, 1.010 "furaram" toque de recolher durante Carnaval na Capital

Entre noite de sexta-feira (12) e as primeiras horas da Quarta-feira de Cinzas, cinco festas clandestinas também foram encerradas

Por Giovana Martini | 17/02/2021 10:23
Guardas da GCM durante a última fiscalização da medida restritiva. (Foto: Assessoria GCM)
Guardas da GCM durante a última fiscalização da medida restritiva. (Foto: Assessoria GCM)

A Quarta-feira de Cinzas sinaliza o fim do Carnaval, como em todos os anos, mas em 2021, também tem o balanço dos que se arriscaram na rua desrespeitando o toque de recolher: foram 1.010 pedestres abordados pela GCM (Guarda Civil Metropolitana), desde a noite de sexta-feira até as primeiras horas da manhã de hoje (17).

A medida restritiva foi atualizada na Capital e em todo o estado apenas dias antes do Carnaval, passando a valer das 23h da noite até as 5h da manhã do dia seguinte. Embora relutante a princípio, a Prefeitura de Campo Grande acatou a redução do toque em uma hora, após ouvir as considerações do setor econômico.

Durante o "feriado", também foram encerradas 5 festas clandestinas, sendo 4 delas na mesma noite (sexta-feita, dia 12) e 95 estabelecimentos comercias foram flagrados funcionando além do horário permitido e orientados a fechar as portas.

Para denuncias aglomerações e desrespeito a medida restritiva em geral, entre em contato com a Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande. pelo ramal 153.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário