A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Agosto de 2019

07/06/2019 12:58

Ministério da Saúde libera investimento de R$ 25,6 milhões para Campo Grande

O recurso será usado para investir na área de informática com aquisição de equipamentos

Fernanda Palheta
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o titular da Sesau, José Mauro Filho, se reuniram em Brasília nesta quinta-feira (Foto: Divulgação/ PMCG)Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o titular da Sesau, José Mauro Filho, se reuniram em Brasília nesta quinta-feira (Foto: Divulgação/ PMCG)

O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) liberou R$ 25,6 milhões para a Secretaria de Saúde de Campo Grande. O recurso federal que será investido na área de informática foi anunciado após reunião na quinta-feira (6), entre o ministro e o titular da Sesau, José Mauro Filho, em Brasília.

Segunda a Secretaria, o valor será usado para aquisição de equipamentos que irão atender todas as unidades da Sesau. O titular da pasta aponta que o investimento busca garantir melhorias no serviço prestado. “A área de tecnologia é muito importante nesse processo. Com esse investimento teremos um salto tecnológico”, ressalta José Mauro.

O secretário ainda afirmou que o investimento poderá possibilitar a telemedicina e “outras inovações da área”. Já o coordenador da CGSTI (Coordenadoria Geral de Suporte e Tecnologia da Informação), Hugo Luiz Silva do Valle destacou que é a primeira vez que um investimento com essa valor é implementado em Campo Grande. “Houve outros investimentos no setor, mas não nessa soma de recursos”.

Na reunião do secretário em busca de financiamento, o investimento em infraestrutura e sistema ainda está em análise. O parecer deve ser apresentado em breve, segundo a secretaria. Em Brasília, o titular da saúde também participou de tratativas para habilitações de serviços já prestados pela Sesau e a parceria com a Fiocruz para contribuição na Rede de Atenção Básica por dois anos.

O secretário ainda participou de uma reunião com representantes da APAE-CG (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) para solicitar o aumento de repasses e construção de um bloco cirúrgico para cirurgias pediátricas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions