A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/01/2012 19:58

Ministério das Cidades manda apurar qualidade de obra na Marginal Lagoa

Aline dos Santos e Wendell Reis

Nelsinho Trad afirmou que os problemas são pontuais

Inaugurada há um mês, via já tem buraco. (Foto: Marlon Ganassin) Inaugurada há um mês, via já tem buraco. (Foto: Marlon Ganassin)

O Ministério das Cidades determinou que a Caixa Econômica, prefeitura de Campo Grande e o governo do Estado, responsáveis pela obra de R$ 55 milhões do Parque Linear Lagoa, apurem as denúncias de baixa qualidade do serviço.

A obra foi a última do PAC 1 (Programa de Aceleração do Crescimento) a ser inaugurada na Capital. “Estamos recebendo a reclamação/denúncia e apurando os fatos junto a nossa mandatária e aos proponentes (estado e município), para podermos nos manifestar e adotar as medidas cabíveis”, informa a assessoria de imprensa do ministério. A obra foi entregue há poucos mais de um mês e já apresenta buracos no asfalto.

A Caixa afere a execução dos serviços e sua qualidade. Já a fiscalização da Lei nº 8666/93 (Lei de Licitações e Contratos Públicos) é atribuição do Estado e Município. A obra foi fiscalizada em agosto de 2009, mas, na ocasião, não foi detectada irregularidade.

Hoje, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), afirmou que os problemas são pontuais e não comprometem a qualidade da obra. “O buraco era demarcação de um bueiro e o terreno onde foi feito a ciclovia tem um declive com a segurança necessária”, salienta.

O Estado realizou as obras no trecho entre a avenida Duque de Caxias ao bairro São Conrado e a prefeitura foi responsável pelo trecho entre o bairro e o anel rodoviário.

Caso a Caixa encontre anormalidades na execução dos serviços, solicitará ao proponente que os refaça ou corrija aquilo que estiver danificado, por má execução.

Mudanças – A obra do Parque Linear Lagoa atende os moradores dos bairros Buriti, Bonança, Coophavila II e região. O objetivo era pôr fim aos problemas de inundações e agilizar o trânsito.

Foi inaugurada uma avenida ligando o macroanel das saídas de Sidrolândia e São Paulo à avenida Duque Caxias, criando uma via rápida de 10 km para moradores de mais de 30 bairros.



aqui no bairro ouro-verde saída para sidrolandia colada ao copavila 2 disseram na epóca que esta obra levaria ao asfaltamento do bairro ouro verde da emha(empresa municipal de habitação) já que as ruas deste desembocam nesta avenida,mas necas de asfalto neste bairro construido pela prefeitura há mais de 20 anos enquanto outros mais novos como zé pereira já está todo asfaltado sendo mais novo.
 
antonio costa em 31/01/2012 11:49:18
Só esquceram da Rua dos Andradas, que passou a receber muitos carros que aproveitam para fazer a ligação até a Julio de Castilho. a rua está sem sinalização, passou a ser pista de corrida e precisa ser recapeada. Só se preocupam com a obra em si, as consequência para outras vias vê-se depois. Será que não consguem visualizar todo o sistema viário.
 
Alcenair Nobre Costa em 31/01/2012 10:21:32
Parabéns ao Ministério das Cidades e Caixa Econômica, por abrir esta investigação. Chega do dinheiro público, financiar campanhas políticas, com super faturamento de obras e o pior obras de má qualidade.
 
Juarez Goncalves em 31/01/2012 10:10:18
Calculo realizado por Ongs demonstram que de cada R$ 100,00 liberados para a execução de qualquer obra ou programa social no Brasil, apenas R$ 40,00 só aplicados efetivamente no seu objetivo final. Isso demonstra que o o ralo do dinheiro publico é muito grande e milhões são desviados para encher os bolsos de politicos corruptos e empreiteiros que financiam campanhas politicas.
 
ana cardoso em 31/01/2012 10:04:19
Sou morador ca coopavila II, voces não imaginam os problemas que esta acontecendo na ciclo via, buraco nas pistas, asfalto mal esparramado, lama e um absurdo, sem falar na falta do esgotamento sanitario da COOPHAVILA
 
eraldo afonso em 31/01/2012 08:36:32
E agora começa o tapa-buraco, para desespero das suspenções do carros e alegria dos "empreiteiros cupinchas".
 
Ari Vargas Leal em 31/01/2012 01:51:57
É sempre assim, só depois que vem o estrago é que se quer saber a qualidade da obra. Porque não fazer vistoría periódica durante a execução dos serviços. Agora é transtorno no transito, gastos com a apuração da qualidade, aí vem os tapa buracos que deveriam ser vistoriados também, porque da licença, agora vão ser as vias novas a ficarem com saliencias, se pelo menos ficassem no mesmo nível.
 
claudio cunha em 30/01/2012 11:29:27
É obrigação dos órgãos responsáveis fazer a fiscalização das obras. Quem não deve, não teme. Portanto AGU, TCU, TCE, enfim tudo o mais devem cumprir o seu papel de fiscalizar os gastos do executivo municipal, estadual e federal. Nós pagamos religiosamente os impostos, queremos transparência e eficiencia nos serviços e obras públicas. A eleição vem aí. Não vamos deixar em branco.
 
NELSON DOS SANTOS em 30/01/2012 11:11:37
Atenção empreiteiras de Campo Grande e região: Eu recomendo um treinamento intensivo com os Engenheiro do 9 BEC (Como Construir Pavimentação Betuminosa Flexivel com Qualidade e Durabilidade) basta conferir saida do aeroporto até frigorifico JBS feito a quase vinte anos.
 
Jorge Mastela em 30/01/2012 10:12:53
Via "rápida" não pode haver quebra mola para satisfazer militares da Base aérea.
Quando irá acabar esses "benesses" para satisfazer poucos em detrimentos da população??? O problema de velocidade poderia ser contornado com campanhas educativas. è dificil ver algum pedestre atravessando o local a pé .TOOODOSS os militares tem carros e não andam à pé. Vergonha Sr Prefeito !!!
 
carlos rodrigues em 30/01/2012 10:12:48
desculpas...desculpas e desculpas. Mais desculpas e desculpas.
CUMPRA-SE A ORDEM.
Verifiquem, teste e mandem fazer a análise.
Pronto
 
Orlando Lero em 30/01/2012 09:10:47
Só esperamos que uma obra deste tamanho não seja mais uma farra com dinheiro público até porque tem-se falado muito dela os gastos foram grandes é preciso mostrar ao povo se tem erros nada melhor e mostrar ao povo pois é ano de eleição .
 
adailton de arruda carvalho em 30/01/2012 08:53:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions