A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

14/10/2017 13:47

Morador de rua que caiu em córrego foi levado em coma para Santa Casa

Suspeita é que ele sofra de alcoolismo; Sesau afirma que a família foi acionada e acompanha a internação na área vermelha

Izabela Sanchez
Roupas que seriam de Carlos foram vistas às margens do córrego (André Bittar)Roupas que seriam de Carlos foram vistas às margens do córrego (André Bittar)

Carlos Bentos Palhano, 47, vive em situação de rua e estava alcoolizado quando caiu no córrego Bálsamo na manhã de sexta-feira (13). Ele se afogou e teve que ser levado às pressas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) explicou, por meio da assessoria de imprensa, que a família acompanhou a internação, e que ele foi transferido para a Santa Casa em coma induzido.

Conforme explicou a assessoria de imprensa da pasta municipal, ele foi encontrado com os documentos, e, por isso, a família foi acionada e acompanha a internação. Carlos foi transferido em estado grave no final da manhã de sexta-feira e está internado na área vermelha, segundo a Santa Casa.

Situação de rua

Segundo o Corpo de Bombeiros, Carlos vive nas ruas e sofre, possivelmente, de alcoolismo. Os militares afirmaram que ele dividia o espaço com outro homem em situação de rua na Avenida Gury Marques. Os dois, afirmaram os bombeiros, vivem em uma galeria de concreto que fica na margem do córrego. Ele estaria embriagado quando foi levado pela correnteza.

Roupas e pertences foram vistos no momento do resgate. Os bombeiros classificaram o caso como “afogamento grau 5”. Ao receberem o chamado, quatro equipes da corporação foram enviadas para o local, mas quando os militares chegaram, a vítima já estava desmaiada na margem do córrego.

Carlos também respondeu a um processo judicial por furto. Ele foi condenado a 1 ano e 6 meses no regime inicial semiaberto, com pagamento de 11 dias multa, e apelou à condenação, à época. Conforme relatório do desembargador, ele teria furtado uma frasqueira em 2013, no Terminal Rodoviário de Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions