ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Moradores já denunciaram mais de 2 mil focos de mosquitos da dengue na Capital

Para entrar em contato, basta o morador enviar uma mensagem através do WhatsApp: (67) 99230-2359 ou ligar no (67) 2020-2074

Por Adriano Fernandes | 16/02/2021 23:20
Agente de saúde combatendo foco de proliferação do mosquito da dengue na Capital. (Foto: Divulgação)
Agente de saúde combatendo foco de proliferação do mosquito da dengue na Capital. (Foto: Divulgação)

O número expressivo de denúncias de locais propícios para proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, na Capital, revela que se por um lado alguns moradores agem com descaso diante do risco doença, outros ainda estão preocupados com o bem-estar da população.

Do dia 01 de janeiro até o dia 12 de fevereiro o "disque-dengue", recebeu mais de 2 mil demandas de locais com acúmulo de criadouros do mosquito. Mais da metade das denúncias foram resolvidas e não apresentam mais risco para a população, conforme a coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Através de um número de WhatsApp é possível que o cidadão envie fotos e vídeos do locais. Ao receber a denúncia, o órgão responde ao cidadão quais providências foram ou serão tomadas.

Para entrar em contato, basta o morador enviar uma mensagem através do WhatsApp: (67) 99230-2359 ou ligar no  (67) 2020-2074. O horário de atendimento é de segunda a sexta das 7h às 11h e de 13h às 17h.

Aumento dos casos - O "disque-dengue" e um aliado para ajudar a diminuir o número de infecções por dengue, na Capital. De acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), divulgado nesta sexta-feira (12), foram 115 casos de dengue confirmados na Capital, até o momento. O ano passado fechou com 5.776 confirmações e sete mortes.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário