ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Morre por covid-19, Hermano de Melo, jornalista e ex-presidente do CRMV-MS

Quadro clínico de Hermano de Melo era irreversível

Por Adriano Fernandes | 04/04/2021 20:18
Hermano de Melo tinha 73 anos de idade. (Foto: Reprodução/Facebook)
Hermano de Melo tinha 73 anos de idade. (Foto: Reprodução/Facebook)

Morreu neste domingo (04), o jornalista e ex-presidente do CRMV-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul) Hermano de Melo, de 73 anos, devido à complicações da covid-19. Hermano estava internado em estado grave na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Unimed de Campo Grande e o seu quadro clínico era irreversível.  A morte ocorreu por volta das 18h.

"Sua trajetória de contribuição ficará marcada em história de MS. Desse modo, o CRMV-MS presta sua homenagem ao profissional e se junta aos familiares neste momento de pesar", lamentou o CRMV-MS em nota. Conforme a família a despedida do jornalista será em cerimônia reservada à familiar e amigos mais próximos e em seguida, Hermano será cremado. Não haverá velório.

Trajetória - Natural da cidade de Sapé/PB, Hermano se formou em Medicina Veterinária pela UFMG em 1970. Mestre em Parasitologia e Doenças Parasitárias, o profissional foi pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Campo Grande e professor de Parasitologia e Doenças Parasitárias na UFMS (1982-2008).

Ele se aposentou como professor em 2008 ano que ingressou na faculdade de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo na mesma instituição. Escreveu artigos artigos e crônicas nos jornais Correio do Estado, O Estado MS e sobre temas diversos, na área social, política e ecológica no blog “Liberdade, Liberdade”.

Hermano foi presidente da Sociedade Sul-Mato-Grossense de Medicina Veterinária e presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária – CRMV-MS até 1985 e da Associação de Docentes da UFMS em Campo Grande. Em outubro de 2012 ele também foi empossado na Academia Sul-Mato-Grossense de Letras.



Hermano de Melo

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário