ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Morte de auxiliar de serviços pode estar relacionado com o tráfico de drogas

Por Filipe Prado | 02/07/2015 11:02
O corpo foi encontrado em um matagal no Bairro Monte Alegre (Foto: Marcos Ermínio)
O corpo foi encontrado em um matagal no Bairro Monte Alegre (Foto: Marcos Ermínio)

A polícia ainda averigua a morte do auxiliar de serviços Sidnei Ferreira de Araújo, 25 anos, encontrado em um matagal no Bairro Monte Alegre no dia 26 de junho deste ano. A primeira hipótese levantada seria execução, o que pode ter sido acarretado pelo tráfico de drogas.

O delegado João Reis Belo, da 5ª delegacia de polícia, explicou que a polícia possui pistas sobre o autor, mas ainda está averiguando as informações. Ele apontou que na casa da vítima foram encontrados vários papelotes de cocaína, revelando que Sidnei seria um usuário de drogas.

Os investigadores levantaram a hipótese de execução por tráfico de drogas, mas ainda não foi confirmado.

Reis Belo estipulou um prazo, de cerca de quatro dias, para conseguir informações sobre o homicídio, se não o caso será transferido para a DEH (Delegacia Especializada em Homicídios).

Caso – Conforme o boletim de ocorrência, o corpo tinha marca de tiro no rosto, o que levantou a suspeita de execução.

Nos registros consta apenas uma passagem de Araújo pela polícia. Trata-se de um caso de ameaça e violência doméstica ocorrido em 2014 na cidade de Caarapó, a 283 quilômetros de Campo Grande. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima namorava uma menina de 14 anos e ameaçou sequestrá-la ao saber que estava de mudança para Campo Grande com os pais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário