A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/01/2011 13:09

Morte de desembargador aposentado fecha Fórum em Campo Grande

Aline dos Santos e Ana Maria Assis
João deixa Fórum de Campo Grande sem conseguir atendimento nesta sexta-feira. (Foto: João Garrigó)João deixa Fórum de Campo Grande sem conseguir atendimento nesta sexta-feira. (Foto: João Garrigó)

“Expediente suspenso por luto”. A frase escrita à caneta em uma folha de papel sulfite surpreendeu as pessoas que precisaram de atendimento nesta sexta-feira no Fórum de Campo Grande.

Ao lado, também afixada à grade, uma segunda folha informava que o expediente foi suspenso em virtude do falecimento do desembargador aposentado Rui Garcia Dias, de 76 anos, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Ele morreu nesta madrugada.

“Sai do [bairro] Los Angeles na hora do almoço para vir até aqui. E quando chego não vou ser atendido”, reclama João Xisto Rivas, de 57 anos. Ele foi ao local para retirar um documento.

No Fórum, o expediente vai das 12h às 19h. Porém, durante a manhã é mantido o funcionamento do PAC (Posto de Atendimento ao Cidadão).

Entretanto, hoje, somente era oferecido serviço do plantão, restrito a advogados. Para os demais, apenas a agência bancária está em funcionamento.

De acordo com a segurança, muitas pessoas foram ao Fórum e saíram sem atendimento durante a manhã.

Preocupada, Suzana Alves, de 27 anos, teme não conseguir a tempo a certidão de antecedentes criminais. Ela foi aprovada em um concurso público em Rondônia e precisa levar o documento até segunda-feira, quando viaja para o local. “Não sei o que fazer”, afirma, parada em frente ao Fórum, na Barão do Rio Branco.

A suspensão do expediente forense no Tribunal de Justiça e na comarca de Campo Grande foi determinada pela portaria 285, que é assinada pelo presidente do TJ/MS, desembargador Paulo Alfeu Puccinelli. O documento será publicado na edição de segunda-feira do Diário de Justiça.

Pesar - Rui Garcia Dias foi nomeado desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul em 1979 e aposentou-se em janeiro de 2006.

Foi presidente do Tribunal de Justiça no biênio 1985/86 e eleito Corregedor-Geral de Justiça em 1979. Ele também foi Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral do TRE/MS no biênio 1983-1984.

Nascido em Três Lagoas, formou-se em Direito no ano de 1958, pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil (RJ), e ingressou na magistratura em 1967, na Comarca de Aparecida do Taboado.

O sepultamento será às 16 horas, no cemitério Jardim das Paineiras, em Campo Grande.

Morre aos 76 anos Rui Garcia Dias, ex-presidente do TJ
Faleceu nesta madrugada, aos 76 anos, o desembargador aposentado Rui Garcia Dias, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Com pes...
Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Quando morre um professor aposentado, nenhuma escola deixa de funcionar.
 
Áttila Gomes em 22/01/2011 12:13:39
a "justiça"como sempre desrespeitando todos nos contribuintes e cidadãos para manter seus ignobeis privilégios elitistas,com todo o respeito ao falecido mas,quantos morrem todos os dias abandonados por essa propria justiça sentimental só para com seus pares.tenham a santa paciencia,vão trabalhar seus....
 
olimpio b. irala em 21/01/2011 11:30:55
até quando a sociedade vai se manter refém do poder judiciário deste Estado? será que os integrantes do TJ/MS deveriam ser elevados a condiçõe de Deuses e não morrerem? talvez assim episódios lamentáveis como este não seriam mais registrados por aqui! com a palavra os nobres desembargadores!
 
marcio p. leite em 21/01/2011 09:28:22
Se dá pra tirar a certidão pela internet, pra que esse monte de funcionário??? Chega de gastos desnecessários. O Poder Público está, cada vez mais, caindo em descrédito. Épácábá!!!
 
Gilberto Ramos em 21/01/2011 07:24:21
Cadê o MP que não toma as devidas providências, já que eu, na condição de patrão de todos, não concordo com tal medida tomada por funcionários, aos quais, pago seus aviltantes salários e, porisso, desconheço existir alguma legislação (legisladores eleitos pelo sufrágio universal), que diz que a estrutura monstruosa de um poder deva ser parada em luto pela morte de um dos seus membros, ocasionando prejuízo moral e ético a vários de seus usuários. Isto é uma vergonha, parodiando famoso jornalista.

Tudo isto me lembra o falecimento do Sr. Roberto Marinho, onde em momento algum se viu a constelação global de luto.
 
Juvenal Campos Corrêa em 21/01/2011 06:12:15
Vergonha!!, e isso que os cidadoes de C.Grande vive diariamente.
Primeiro, aposentadoria vitalicia pra ex governador enquanto o povo sofre eles riem da nossa cara.
Agora vem essa ai.
Esse Sr que morreu, ja ganhou por sua contribuicao, agora parar um forum por sua morte!?
Quem e mais importante ? E o forum ou o seu sevidor.? Tanto e que um foi enquanto o outro ficou.
VERGONHOSO, atitude que desrespeita ainda mais os cidadoes.
com todo o respeito a dor dos familiares desse Sr..
 
Emerson C.Grande em 21/01/2011 04:28:55
Lamento pelo decesso do ex-Presidente do TJ, e externo condolências à família.

Mas, convenhamos, encerrar o expediente de um órgão, privando pessoas de atendimento é um pouco demais, não? E porquê oferecer atendimento somente aos advogados? E ainda falam que todos são iguais perante a lei.... :(

 
Andreia Ferreira em 21/01/2011 02:33:48
Entedemos, as pessoas morrem. O mundo continua.
 
Gabriel Novaes em 21/01/2011 02:19:29
Para quem quer certidão negativa, pode tirar direto no site do Tribunal de Justiça de MS, é totalmente gratuita.
 
Alexsandro Arce Durand em 21/01/2011 02:06:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions