A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

25/12/2018 13:10

Mortes e brigas em família são registradas nas primeiras horas do Natal

Em uma única família, briga terminou com três pessoas feridas a facadas

Kerolyn Araújo
Sangue foi encontrado em portão de casa onde mulher foi encontrada morta. (Foto: Marina Pacheco)Sangue foi encontrado em portão de casa onde mulher foi encontrada morta. (Foto: Marina Pacheco)

As primeiras horas do Natal em Campo Grande foram marcadas por mortes e brigas entre pessoas da mesma família. Pelo menos sete ocorrências da mesma natureza foram registradas nas duas Depacs (Delegacias de Pronto Atendimento) da cidade.

O primeiro caso que terminou em morte ocorreu na Vila Fernanda. Ivonete Pache Stephan, 56 anos, morreu após ser atropelada pela sobrinha, Pryscilla Stephan da Silva, 38 anos, na casa onde acontecia a ceia de Natal da família. Pryscilla, que não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), pegou um Fiat Fiesta para deixar o local após brigar com o marido quando acabou atropelando a vítima. A autora estava embriagada.

 

 

 

Na Vila Fernanda, tia morreu após ser atropelada pela sobrinha embriagada. (Foto: Direto das Ruas)Na Vila Fernanda, tia morreu após ser atropelada pela sobrinha embriagada. (Foto: Direto das Ruas)

A segunda morte registrada foi de Alzair Bernardo Lopes, 59 anos, que foi encontrada morta em casa, na rua Timbauva, na Vila Moreninha II. O corpo apresentava sinais de esganadura. No local não havia sinais de arrombamento e nada foi levado da residência.

Logo após a ceia, por volta das 00h05, um homem de 30 anos pediu socorro em uma casa na ruaTrês Poderes, no Jardim Panorama. Ao dono da residência, ele disse que havia sido agredido por vários homens. Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com um corte no pescoço e encaminhado para a Santa Casa.

No bairro Vivendas do Parque, uma briga generalizada terminou com um homem de 28 anos ferido a facadas. A briga teria sido causada por uma herança.

Durante a madrugada desta terça-feira (25), outro caso de esfaqueamento foi registrado. Um homem de 35 anos foi ferido com uma facada na cabeça pelo cunhado, de 32 anos, no bairro Vida Nova, região norte da Capital. A vítima acabou ferida ao entrar na briga para defender a irmã que estava sendo agredida pelo marido.

No loteamento Nova Serrana, três homens da mesma família acabaram feridos a facadas durante um churrasco. O motivo da briga não foi revelado.

Um rapaz de 22 anos também foi esfaqueado nas costas durante a madrugada no bairro Tarsila do Amaral. Ele foi agredido pelo enteado após brigar com a esposa, de 53 anos. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Santa Casa.

No final da manhã desta terça-feira, um homem também teria sido vítima de esfaqueamento na rua Nove de Maio, no Jardim Futurista. Ainda não há informações do estado de saúde da vítima.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions