A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/04/2016 08:43

Motorista bêbado causa acidentes, invade casa e dorme na garagem

Caroline Maldonado e Guilherme Henri
Condutor da caminhonete fugiu sem prestar socorro à jovens e bateu em carro de PM (Foto: Fernando Antunes)Condutor da caminhonete fugiu sem prestar socorro à jovens e bateu em carro de PM (Foto: Fernando Antunes)

Embriagado, um homem de 26 anos invadiu uma casa no Bairro Nhanhá, em Campo Grande, e dormiu na garagem, depois de atropelar duas jovens em uma Biz, fugir sem prestar socorro e bater no carro de um policial militar. Uma das vítimas, que teve fratura exposta na perna, disse que o condutor ameaçou passar por cima delas antes de fugir. Ele foi preso e não tem direito a fiança.

Alessandro Matos conduzia uma caminhonete S10 na Avenida das Bandeiras, sábado (23) à noite, quando entrou na contramão e atingiu a moto, no cruzamento com a Rua Aquário. Na Biz estavam Jéssica Pontes, 25 anos, e como passageira a irmã Carolina Solto, 18 anos. Com fratura exposta, a condutora foi levada à Santa Casa, enquanto a outra mulher teve ferimentos leves.

Jéssica disse à polícia que o condutor da caminhonete ameaçou passar por cima delas, mas deu ré ao perceber que havia muitas pessoas observando. Ele fugiu e, mais à frente, bateu em um Gol, que era conduzido por um policial militar, de folga. Desta vez, um taxista anotou a placa do veículo e informou à polícia.

Alessandro abandonou a caminhonete e invadiu uma casa, na Nhanhá. O morador acordou com os latidos dos cachorros, pegou um facão para se defender, mas não encontrou ninguém. A polícia chegou, em seguida, e flagrou Alessandro dormindo na garagem.

Ele foi autuado por dirigir embriagado, lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, evasão do local, omissão de socorro e invasão de domicílio. Segundo o delegado Tiago Macedo, o preso não tem direito a fiança, porque foi autuado por vários crimes, cuja soma das penas previstas ultrapassa quatro anos de detenção.

No local do acidente, a polícia não encontrou a Biz. Como a condutora não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), pediu que um amigo retirasse a moto do local.

O esquema não deu certo. Ela foi autuada por dirigir sem habilitação e o amigo vai responder por fraude, conforme o delegado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions