A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

01/12/2018 18:46

Motorista de aplicativo é deixado amarrado em mata ao ser feito refém em corrida

Vítima diz ter sido rendida por três criminosos, dois deles armados, ao atender uma corrida na saída para São Paulo

Adriano Fernandes

Um motorista de aplicativo de caronas pagas, de 32 anos, foi rendido e amarrado por três suspeitos e abandonado em uma mata, depois de atender a uma corrida na madrugada deste sábado (01) na saída para São Paulo, região sul da Capital. Dois dos criminosos estavam armados.

À polícia, o rapaz informou que era por volta das 02h40, quando foi acionado por uma mulher, mas ao chegar no local indicado era um rapaz quem o esperava. O suspeito teria dito que era sua mãe quem teria solicitado a corrida e ao entrar no veículo, disse para ele virar a uma quadra dali para pegar o seu irmão e seguirem viagem.

Logo mais a frente eles encontraram o segundo homem que se sentou no banco da frente. Foi quando o primeiro passageio que estava no banco de trás do veículo, modelo Forde Fiesta, preto, sacou um revólver calibre 38 e o apontou na cintura da vítima.

"Toca até uma estrada de chão", teria dito o criminoso. Já na região mais afastada um terceiro indivíduo que estava deitado no meio do mato, armado, também entrou no carro com um saco plástico que foi colocado na cabeça do motorista.

Ele também teve as mãos amarradas com fita adesiva e foi colocado no banco de trás, para que um dos acusados assumisse o volante. Durante o trajeto eles ainda perguntaram para o rapaz se o veículo tinha rastreador e até se ele era da policia.

Depois de um tempo e várias voltas com o veículo a vítima foi deixada em meio a uma mata na zona rural da Capital próximo da BR-163. Algum tempo depois a vitima conseguiu se soltar e ir até uma chácara onde uma testemunha ajudou ele a se soltar e ele ligou para um amigo, que foi encontrá-lo.

Eles então seguiram até a 2º Delegacia de Polícia, onde o caso foi registrado, mas a ocorrência será encaminhada para a Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos). Na delegacia, o rapaz ainda informou que os suspeitos aparentavam ter entre 16 e 36 anos e se caso forem presos é capaz de identificá-los. O motorista estava morando na Capital há apenas dois meses.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions