A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/07/2011 17:15

Motorista de F-4000 que matou jovem sai da prisão e é proibido de ir a bares

Nadyenka Castro

Ele ficou menos de um mês na cadeia

Preso em flagrante por matar o motociclista Alan Jhulian Sá de Abreu, de 19 anos, em acidente ocorrido na madrugada do dia 23 de junho deste ano, em Campo Grande, Valdir de Oliveira Xavier conseguiu liberdade, mas está proibido de ir a bares quando estiver dirigindo.

Valdir conduzia uma caminhonete F-4000 pela avenida Mascarenhas de Moraes e colidiu na moto pilotada por Alan no cruzamento com a rua Pio Rojas.

Alan morreu na hora e Valdir, que havia feito aniversário no dia anterior, autuado em flagrante por homicídio doloso (dolo eventual) porque estava embriagado. Neste caso, o dolo eventual é porque, mesmo não querendo o resultado (morte), assumiu o risco de acontecer ao ingerir bebida alcoólica.

Menos de um mês depois, dia 19 de julho, o juiz Alexandre Ito, em substituição na 2ª Vara do Tribunal do Júri, concedeu liberdade provisória a Valdir, mas, com base na nova lei do Código de Processo Penal, fez imposições.

Conforme decisão do magistrado, o motorista da caminhonete terá que comparecer a cada três meses em juízo para informar e justificar suas atividades e está proibido de “frequentar bares ou estabelecimentos similares quando estiver na condução de veículo automotor, salientando que deverá levar consigo uma cópia desta decisão e apresentá-la à autoridade que lhe abordar”. Valdir terá ainda que comparecer a “todos os atos processuais a que for chamado”.

Motociclista morre em acidente e condutor de caminhonete é detido
O motociclista Alan Jhulian Sá de Abreu, de 19 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira em um acidente com uma caminhonete F-4000. O acidente foi...
Mulher é atropelada pelo ex-marido e está em estado grave na Santa Casa
Uma mulher de 33 anos foi atropelada pelo ex-marido e está internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, sedada e entubada na CTI (Centro ...


Se com a lei antiga ja haviam impunidades, imaginem com essa NOVA, onde assassino de transito sai da cadeia rapidinho, onde marmanjao esmaga cabeca de vigia noturno, onde senhor surtado mata crianca de dois anos com tiros em plena luz do dia no centro de campo grande, garotoes completamente bebados com seus carros novos saem matando ou alejando jovens pelas manhas da cidade... É mesmo inocencia acreitar que O VALDIR, ficasse preso e pagasse pela barbárie que ele cometeu, e o pior, é que a cidade tá cheia de VALDIR. Gente, essa é a NOVA LEI, a LEI PAPEL HIGIENICO.
 
Elisangela Andrade em 26/07/2011 10:14:10
não quero entrar no mérito da decisão judicial, no entanto, quero aqui perguntar a todos, principalmente aos responsáveis legais pelo cumprimento da lei - afinal, se ingerir bebida alcoolica acima do permitido a cnh é suspensa, cassada??
 
silva souza em 26/07/2011 09:49:05
Pessoal, não adianta criticar, reclamar,... chorar, espernear...a inJustiça sempre está e estará a favor dos que fazem mal a sociedade. Enquanto o cidadão não tiver consciência de quem votou, e exigir deles (os eleitos), para que façam Leis mais rígidas, nada vai acontecer, a não ser piorar o que já está ruim. Os juízes não tem culpa das decisões. As Leis daqui do nosso país "a terra do nunca", abre brechas para isso. Essa tal Lei Seca, é só uma maneira dos policiais perderem tempo. Não adianta "nada". Esse negócio do condutor do veículo se negar a não fazer o teste do bafômetro, teria que ser mais rígido. Para melhorar só depende de nós "cínicos eleitores". Para reivindicar e atingir objetivos, não basta 10, 20, 100 pessoas, tem que ser a "massa" todas a cidades e Estados, e de uma vez só,... sem agressões, e sem xingamentos,... sem violência. PACIFICAMENTE, mostrando-lhes que quem os elegeram foram nós, e não eles mesmos. Pensem nisso. "SEM VIOLÊNCIA"!
 
Marcelo Max em 26/07/2011 09:41:57
Quer dizer cara bebe enche cara sai por ai sem escrupulos sem nimima responsabilidade e ja ta sotlo, esse papo furado q ele nao pode ir em bares ao resolve
nada é uma vergonha essa lei Brasil, pois cara vai con tinuar fazendo festinha em ksa tomando todas e aprontando pois sabe q nada vai lhe acontecer,,, Brasil justica zero
 
rosilene leonel em 26/07/2011 09:24:53
E alguém acha que ele não vai dar um pulinho no buteco do vizinho, ai se chega um policial ele alega que estava de carona, muito fácil não, o dia que atropelar e matar um parente de juiz com certeza vai ser condenado sem direito a fiança, isso é o que chamamos de Brasil um pais de todos!!!!
 
Oswaldo Benites em 26/07/2011 09:21:05
que barbaridade tudo isso que acontece no nosso pais.Leis que deixam a desejar,juises que nao tem condiçoes de decifrar o que é certo o que é errado deveriam ter seus fillhos como vitimas.Absurdo!!!
 
antonio carlos em 26/07/2011 09:12:19
qual e a diferença, entre dirigir bebedo atropelar, matar. e brigar bebado dar soco e chutes e matar, como no caso do segurança da casa noturna da afonso pena.

a punição tem diferença. se o resultado e o mesmo, morte...
 
PAULO SERGIO em 26/07/2011 09:06:10
Ficou de graça essa decisão judicial sobre o crime... Bola fora do TJ e do MPE. O acusado vai pagar algum custeio pra família do motociclista? Vai fazer trabalho forçado extenuante como pena alternativa?

Ficou de graça...
 
Daniel Francelino da Silva em 26/07/2011 09:03:03
Por isso o trânsito de Campo Grande mata cada dia mais, por que leis que prendam e condenem estas pessoas são fáceis de ser cumprida, esse cara não devia nem sair de casa ele tinha que ter a prisão domiciliar por que afinal ele tirou uma vida, é cada um por si e Deus por todos ....
 
Adriana Peralta em 26/07/2011 08:25:31
Esse e o nosso Brasil.
 
WILLIANS ALEXANDRE PIRES em 26/07/2011 08:01:42
Ué,agora a lei só exige que quem comete "barbaridades",alem de não sofre nenhuma punição só não deve “frequentar bares ou estabelecimentos similares quando estiver na condução de veículo automotor, salientando que deverá levar consigo uma cópia desta decisão e apresentá-la à autoridade que lhe abordar”,e se ele der uma festinha em casa,será que PODE ???vamos pensar nisso,se um dia precisarmos sofrer esta "grande punição", já saberemos se podemos ou não né ??uma vergonha estas decisões,se for para ser assim porque tanto trabalho para Policia,MPE,Promotoria etc??deixa tudo como esta e segue o barco.
 
Cristina Mendes Carly em 25/07/2011 08:53:54
kkkkkkkkkkkkkkkk, será que vão colocar um fiscal na cola do Valdir? Até parece que ele vá cumprir essa piada.
 
nice soares em 25/07/2011 08:19:35
Tá fácil matar no transito de campo grande e ficar impune!!!!!
 
César Kennedy em 25/07/2011 06:15:16
Não entendi muito sobre esse caso, ele vai sair da cadeia? tudo bem, tudo normal depois dessa Lei Nova. Não poder frequentar Bares, ta certo, mas quando estiver na condução de um veiculo? Perai!!! esse rapaz nao estava alcoolizado, e pelo que lembro quando caimos num teste de Bafometro e provam que estamos alcoolizados perdemos o direito de dirigir. Ele responde por homicidio doloso (dolo eventual)é isso?. Ah, mas tudo bem, essa Lei é do passado. Meu Deus que pais que estamos vivendo.
 
jean carlos de freitas em 25/07/2011 06:02:00
E sai mais uma pizza do forno. Sujeito bêbado, mata e fica livre, apenas proibido de dirigir quando for à bares (beber por certo) e tendo de pedir benção quatro vezes por ano ao Judiciário? Pelamordedeus! Assim fica fácil sair matando!
 
Caio Graco Pompeu Sabino de Araujo em 25/07/2011 05:55:12
estou com meu caoração partido dianti dessa situção ,isso ja esta virando uma rotina nessa lei que nao é lei e sim uma brincadeira com a população brasileira,bem aquele ditado infeliz a justiça e cega kkkkk...... eu acho que vai sair uma nova moda que (vou matar mais nao vou ser punido) bom eu sei q essa moda é antiga mais agora foi reformulada se pagar a sai se nao fica alguns dias e ai sai esse e o nosso Brasil pais do QUENS!!!!!!!
 
celia carneiro em 25/07/2011 05:42:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions