A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/10/2015 08:07

Motorista perde controle de veículo e invade casa na avenida Tamandaré

Liana Feitosa e Luana Rodrigues
Segundo o Corpo de Bombeiros, motorista trafegava no sentido bairro - centro. (Foto: Fernando Antunes)Segundo o Corpo de Bombeiros, motorista trafegava no sentido bairro - centro. (Foto: Fernando Antunes)

O condutor de um veículo Chevrolet Corsa Hatch perdeu o controle da direção e colidiu contra o muro de uma casa por volta das 7h deste domingo (18) na Avenida Tamandaré, Vila Planalto, em Campo Grande.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ele trafegava no sentido bairro - centro quando bateu em uma placa, depois em um poste, e acabou invadindo a casa de Maria Darcy Paiva, de 65 anos, que fica no sentido oposto da via.

Ainda de acordo com os bombeiros, o motorista, identificado apenas como Rodrigo, de 28 anos, sofreu escoriações no braço e na perna, mas sem fraturas.

Levei um susto, minhas pernas até ficaram bambas, conta Maria Darci, dona da casa. (Foto: Fernando Antunes)"Levei um susto, minhas pernas até ficaram bambas", conta Maria Darci, dona da casa. (Foto: Fernando Antunes)

Maria Darci contou ao Campo Grande News que se arrumava na parte posterior da casa para ir à igreja quando ouviu um barulho forte na parte da frente da residência. "Levei um susto, minhas pernas até ficaram bambas", compartilha.

Ao ouvir o estrondo, foi até à frente da casa e viu o carro na varanda. Segundo ela, esse tipo de acidente é comum na avenida e justamente por isso plantou um pé de manga na calçada em frente à residência na tentativa de proteger o loca.

No acidente deste domingo, no entanto, a árvore não impediu a colisão, que ocorreu em outro ponto do muro.

Uma vizinha de Maria, a analista de recursos humanos Alicéia Alves Araújo, de 39 anos, fica preocupada com o número de acidentes no local.

"Esses acidentes são rotina aqui porque os condutores passam em alta velocidade, normalmente embriagados. Já vi dois somente aqui na quadra da minha casa. Em um deles, o motociclista morreu", conta.

Ela afirma que, próximo dali, existia um redutor de velocidade, mas que foi retirado, permitindo o abuso dos motoristas.

Alicéia ouviu o motorista alegando aos bombeiros que perdeu o controle da direção por causa de um buraco na via, no entanto, há indícios de que ele estava, na verdade, embriagado. Ele foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida.

Esses acidentes são rotina aqui porque os condutores passam em alta velocidade, conta outra moradora. (Foto: Fernando Antunes)"Esses acidentes são rotina aqui porque os condutores passam em alta velocidade", conta outra moradora. (Foto: Fernando Antunes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions