ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Motoristas de aplicativos deixam janelas abertas e fornecem álcool em gel

Lucia Morel | 16/03/2020 14:09
Motoristas de aplicativos colocam álcool gel à disposição dos passageiros. (Lucia Morel)
Motoristas de aplicativos colocam álcool gel à disposição dos passageiros. (Lucia Morel)

Janelas abertas e sem uso do ar-condicionado, mesmo no calor campo-grandense. Assim estão trabalhando os motoristas de aplicativos em Campo Grande para evitar contágio com o coronavírus. Álcool em gel também está presente em alguns veículos, além, é claro, de usar o produto para limpar partes onde os passageiros tocam.

Por dia, Carlos Eduardo Sanavia Júnior, que é motorista de aplicativo há três meses, transporta de 25 a 30 passageiros e diz estar com medo da pandemia. "A gente carrega muita gente. Tenho medo de pegar e passar pra alguém, principalmente pro meu menino de quatro anos", disse.

No calor das 11 horas da manhã, as janelas abertas indicavam que o ar-condicionado não era um bom uso. "Dos oito passageiros que peguei até agora, nenhum quis que eu ligasse o ar, acho que está todo mundo com medo", afirmou. Ele estava sem álcool em gel, porque disse que acabou "de tanto usar e limpar o carro".

Já no carro da motorista Jaqueline Gonçalves, 27, álcool em gel estava à disposição dos passageiros e também é usado para limpar partes do veículo. "Eu passo nas maçanetas de fora e de dentro, nas laterais dos bancos, janelas, onde os passageiros costumam encostar", afirmou.

O ar-condicionado, no entanto, estava ligado. "Troquei o filtro hoje, está novinho, então ele está fazendo a limpeza do ar", avalia.

No entanto, ela diz estar com medo. "Transportei quatro passageiros que chegaram de São Paulo esses dias e uma menina não parava de tossir, deu medo, a gente fica com receio", comentou, lembrando que na semana passada, a Uber, encaminhou comunicado a todos os motoristas parceiros sobre as formas de prevenção.

O carro de José Maciel, 39, também faz as corridas com as janelas abertas. "Tem que prevenir né?", disse, enfatizando que ainda hoje pretende comprar álcool em gel para usar no veículo.

Nos siga no Google Notícias