A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/03/2016 11:29

Movimento ainda é baixo, mas rodoviária espera 7 mil passageiros

Viviane Oliveira
Nesta manhã, o movimento ainda estava tímido no Terminal Rodoviário de Campo Grande. (Foto: Fernando Antunes) Nesta manhã, o movimento ainda estava tímido no Terminal Rodoviário de Campo Grande. (Foto: Fernando Antunes)
Juliana havia chegado de Cascavel e aguardava os pais irem busca-la na rodoviária. (Foto: Fernando Antunes) Juliana havia chegado de Cascavel e aguardava os pais irem busca-la na rodoviária. (Foto: Fernando Antunes)

Apesar do feriadão de Páscoa ter começado nesta quinta-feira (24), principalmente para funcionários públicos que já estão de folga, o movimento ainda é tímido no Terminal Rodoviário de Campo Grande, que fica na Avenida Gury Marques. Porém, a administração estima que mais de sete mil pessoas deixarão a cidade entre hoje e a manhã. Os destinos mais procurados são Aquidauana, Ponta Porã, Corumbá e Cuiabá.

Esperando uma grande movimentação, o terminal colocou mais gente para trabalhar na área de operação, limpeza, manutenção e segurança. Na segunda-feira (29), cerca de 30 mil passageiros deverão embarcar e desembarcar no rodoviária, conforme a administração.

Morando há quase 1 ano em Cascavel (PR), a acadêmica de Medicina Juliana Pieri, 19 anos, chegou por volta das 9h na Capital e aguardava os pais na rodoviária. “Eu aproveito todo feriado para matar a saudade deles”, diz a estudante que esperava ansiosa para rever a família.

Junto com o filho de 11 anos, a coordenadora pedagógica Luciana Costa, 38 anos, aguardava para embarcar no ônibus com destino a Dourados. Ela ia passar o feriado junto com a mãe e aproveitar para rever os parentes. “A cidade não é tão longe, mas a vida é corrida demais e as vezes a gente tem que parar um pouco e aproveitar o feriado com passeio”, conta.

Apesar do pouco movimento desta manhã, Luciana não conseguiu comprar passagem para às 9h. “Comprei para às 10h 30, as últimas poltronas. Quase não consigo. O ônibus vai lotado”, diz a pedagoga. Antecipar a compra da passagem, pelo menos uma hora antes do embarque, é uma das recomendações da administração da rodoviária, assim como identificar as bagagens com nome e telefone para contato.

Luciana e o filho aguardavam o ônibus com destino a Dorados. (Foto: Fernando Antunes) Luciana e o filho aguardavam o ônibus com destino a Dorados. (Foto: Fernando Antunes)
Animada, Viviana espera o irmão e a cunhada. Depois, a família ia seguir rumo ao Paraguai. (Foto: Fernando Antunes) Animada, Viviana espera o irmão e a cunhada. Depois, a família ia seguir rumo ao Paraguai. (Foto: Fernando Antunes)

As mães, que vão viajar com crianças pequenas, não devem esquecer em casa o documento delas. Menores de doze anos podem viajar acompanhados dos pais, responsáveis legais, irmãos com mais de 18 anos, avós ou tios de primeiro grau, caso contrário precisam de autorização escrita, assinada pelo pai, mãe ou responsável com firma reconhecida.

Com a filha de 4 anos, a auxiliar administrativa Viviana Duarte Pracho, 28 anos, aguardava no saguão o irmão e a cunhada que chegariam de Cuiabá. Depois de reunidos, a família seguiria ainda hoje de carro para o Paraguai, onde mora parte dos parentes de Viviane. “Vamos passear, lá mora muita gente da nossa família. Vamos aproveitar para ir agora de manhã, porque o movimento na rodovia vai estar mais tranquilo”, diz. A expectativa é de que a viagem dure apenas 3 horas.

Já no Aeroporto Internacional de Campo Grande a expectativa é de aumento de 12% em relação ao mesmo período do ano passado. O movimento estimado de hoje até domingo é de 18,9 mil passageiros, entre embarque e desembarque. Em 2015, a Semana Santa foi de 2 a 5 de abril e 16,3 mil pessoas passaram pelo local, de acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions