A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/11/2014 18:30

MPE investiga prefeitura por não dar remédio e por inércia a deficientes

Lidiane Kober

O MPE (Ministério Público Estadual) voltou a mirar a Prefeitura de Campo Grande diante de denúncias de inércia no atendimento a deficientes e pelo não fornecimento de medicamentos a paciente. As investigações vieram à tona, nesta quarta-feira (12), conforme publicação no Diário Oficial do órgão.

A 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social converteu Procedimento Preparatório em Inquérito Civil para “apurar eventual irregularidade na conduta da Procuradora do Município, Viviani Moro, e da Câmara Técnica de Saúde, pelo não fornecimento de medicamentos e aparelho para saúde”.

O caso, inclusive, seria assunto de quatro ações judiciais, conforme os processos 0805756-54.2013.8.12.0110, 0807568-34.2013.8.12.0110, 0813081-80.2013.8.12.0110 e 0803480-16.2014.8.12.0110.

Já a Promotoria de Justiça dos Direitos Humanos da Comarca abriu Procedimento Administrativo para “fiscalizar e acompanhar o atendimento de direito exclusivamente individual da pessoa com deficiência C. S. G.”. O caso está nas mãos da promotora Jaceguara Dantas da Silva Passos.

Ela também abriu Inquérito Civil a fim de “apurar a implementação das Residências Inclusivas e do Serviço Centro-Dia (na Avenida Mato Grosso) para pessoas com deficiência em Campo Grande”.

Procurada pela reportagem, a assessoria da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que ainda não foi notificada das investigações e só se manifestará assim que os procedimentos forem oficializados.

MPE investiga implementação de casas de apoio ao deficiente
O MPE (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) publicou no Diário Oficial de hoje (12) um procedimento de inquérito civil para investigar...
MPE investiga condições de hospital absorver pacientes da oncologia
O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito para apurar a capacidade de o Hospital do Câncer “absorver a demanda de pacientes oncológicos de ...
Moradores prendem suspeito de assaltar mulher com criança no colo
Armado com uma faca, Igor Mateus Lima da Costa, 19 anos, assaltou uma mulher que estava com o filho no colo e acabou preso por moradores. O caso acon...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions