A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/01/2016 18:49

Mudanças de horário pegam usuários do transporte público de surpresa

Alan Diógenes
Usuários da linha 062-Moreninhas Expresso também ficaram sem entender o que aconteceu. (Foto: Gerson Walber)Usuários da linha 062-Moreninhas Expresso também ficaram sem entender o que aconteceu. (Foto: Gerson Walber)

A alteração nos horários das linhas do transporte coletivo, devido a queda da demanda de usuários no período de fim de ano, pegou muita gente de surpresa. Quem necessita do serviço alega que não houve aviso prévio sobre as mudanças e alguns estão tendo dificuldade para chegar ao destino desejado. 

É o que conta Fábio Santana Braga, que utiliza as linhas 313-Tarumã/Bandeirantes, 080-Aero Ranho/General Osório, 081-Nova Bahia/Bandeirantes e 242-Parque dos Poderes/Centro. Ele disse que não está conseguindo chegar no horário em seu serviço.

“Quero deixar a minha indignação e a de outras pessoas sobre o transporte público. Mudaram os horários e nem deram satisfação aos usuários que pagam pelo serviço”, explicou Fábio.

Ele disse que entrou em contato com o consórcio Guaicurus, responsável pelo transporte público na Capital, mas não conseguiu fazer sua reclamação. “Faz dois dias que eu não consigo bater meu ponto no horário em meu serviço. Desse jeito fica complicado. Uso todas essas linhas porque são rotas para minha casa e trabalho”, comentou.

Outra usuária do transporte público, Lorraine dos Santos, disse que além da mudança nos horários, está havendo demora na chegada do ônibus ao ponto onde ela espera. “Esses dias fiquei esperando no ponto da linha 070-General Osório/Bandeirantes por mais de 40 minutos. Ninguém sabe dizer o que está acontecendo”, mencionou.

Doraci Gonçalves também reclamou de chegar atrasada ao emprego por não conseguir pegar a linha 062-Moreninhas Expresso no horário como de costume. “Perguntei para uma pessoa que estava no ponto da 13 de maio com a Cândido Mariano e ela me disse que a linha estava suspensa. Achei estranho, mas por ser período de férias eu entendi”, finalizou.

O diretor-presidente da Agetran Elídio Pinheiro informou que houve alterações nos horários devido a queda da demanda de usuários no começo do ano e por ser período de férias escolares. "As linhas tem uma tabela de ordem de serviço que sofrem alterações nos finais de semana, feriados e quando acontecem eventos importantes na cidade. É comum acontecer essa alteração também na época de final e começo de ano", destacou.

Conforme o diretor-presidente essas "pequenas alterações" foram repassadas ao usuário pelo site da Assetur e não atingem linhas pequenas, que possuem apenas um veículo ou é executiva. Ainda segundo ele, as alterações são monitoradas pela fiscalização da Agetran e a diferenciação de horários ainda deve permanecer até o dia 15 de janeiro. 

Já o consórcio Guaicurus afirmou que as reclamações das linhas citadas são fatos isolados e se for preciso existe o reforço de frota. Por isso houve determinações aos fiscais de terminais e Peg Fácil sobre a observação do aumento de demanda e em caso de necessidade podem ser solicitados reforços de frota.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Esta situação é tão constrangedora que fica até difícil de comentar. O trabalhador que não está de férias continua precisando do transporte público e tem hora pra chegar no trabalho. Não encontrei no site da Assetur a informação sobre a mudança. Deveria estar em local de acesso fácil e também em cartazes nos terminais e ônibus para que as pessoas soubessem e se programassem com antecedência. É vergonhoso tamanho desrespeito com o usuário.
 
Yane em 06/01/2016 14:10:24
Outra coisa que não justifica a retirada dos ônibus de linha é usar a desculpa que é por causa das férias escolares... quem paga pelo transporte? Não são os alunos, que tem direito à gratuidade, e sim os trabalhadores, que além de ter que usar um transporte péssimo, tem que sujeitar a esses contratempos. Essas "pequenas alterações" como disse esse diretor presidente da agetran, causa grandes transtornos aos trabalhadores que tem que ficarem se justificando às suas chefias, vocês acham que vão acreditar simplesmente que "retiraram" ônibus de linha? Que vão alterar o meu horário de entrada no serviço só porque vocês resolveram alterar os horários do ônibus? Palhaçada né?
 
Isabel em 05/01/2016 21:00:32
É muita mentira dessa turma da Assetur ao falar que os ônibus executivos não sofreram alteração. Hoje mesmo fiquei mais de meia hora no ponto esperando o executivo 291 - Nova Bahia - Shopping dos Ipes e ele não passou no horário, eu pego ele todos os dias pois é uma linha mais rápida, mas hoje cheguei com meia hora de atraso no serviço. Quando questionamos o motorista, ele informou que os ônibus estão fazendo o horário de sábado e que constava uma informação no site da assetur. Acontece que quase ninguém fica olhando o site da assetur, pois no mesmo não tem nada de interessante, eles tinham que ter divulgado num site de notícias de ampla divulgação. É muita palhaçada isso, pagamos pra ter um bom serviço, e agora, além de ônibus sucateados, nem temos a certeza dos horários que irão passar
 
Isabel em 05/01/2016 20:42:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions