A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/01/2013 11:35

Mulher cega cai em bueiro sem sinalização na Vila América

Aline dos Santos e Francisco Júnior
Bueiro foi aberto e ficou sem sinalização. (Foto: Rodrigo Pazinato)Bueiro foi aberto e ficou sem sinalização. (Foto: Rodrigo Pazinato)
Angélica foi levada ao hospital. (Foto: Rodrigo Pazinato)Angélica foi levada ao hospital. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A deficiente visual Angélica Barbosa, de 42 anos, caiu em um buraco de 2,60 metros quando voltava para a casa na manhã desta quinta-feira. O incidente foi na rua Paulo Freire, Vila América, a poucos metros de sua residência.

O bueiro foi aberto por funcionários da empresa Telemont, responsável pela manutenção da rede de telefonia. Eles saíram para trabalhar em um ponto a duas quadras do bueiro. O local ficou sem sinalização e Angélica caiu.

Com auxílio de uma escada, a mulher foi retirada do buraco pelos funcionários da empresa e levada até sua residência. Ela tinha as pernas raladas e machucado na mão esquerda, sem fraturas aparentes. Os bombeiros foram acionados e tiveram que convencer Angélica a aceitar atendimento médico.

Ela chorava e estava bastante nervosa. Angélica foi levada ao Prontomed da Santa Casa de Campo Grande. Ela caminha com ajuda de bengala. Marido da vítima, Luiz Alberto Serra, de 56 anos, conta que a esposa conhecia bem a rua de casa. “Fiquei bem assustado quando ela chegou chorando”, conta.

Representantes da diretoria da Telemont foram a casa de Angélica e prometeram prestar assistência.



É inaceitável que uma empresa não fiscalize ou oriente seus funcionários para os procedimentos de sinalização do local. Poderia ter sido uma criança ou um idoso, não importa. Mas que não a gravidade dos ferimentos saibam que fica o trauma psicológico ainda mais por ser portadora de necessidades especiais. Aconselharia a Telemont a conceder ajuda a ela no que seja necessário, bem como uma indenização a titulo de entender o erro cometido por seu representante técnico.
 
Edson Sanches em 18/01/2013 09:09:30
Acho que nem seria necessario uma açao contra a empresa , cabe ai o bom senso, pois seus funcionarios erraram.... mas Brasil sempre Brasil! so na justiça e olhe la ne.
 
Fabiola Mendes em 17/01/2013 21:48:39
Concordo com a VAL COSTA, essa atitude negligente dos funcionários que prestam serviços a empresa Telemont, geram uma indenização!!! Absurdo.. Se eu conhecesse a Angélica, com certeza ingressaria com uma ação para ela.
 
Felipe Corrêa em 17/01/2013 19:06:57
É tanta multa para o povo fazer a calçada e a prefeitura não fiscaliza o centro da cidade que é uma anarquia!! cabe indenização por danos morais ! os portadores de deficiência já estão em último plano desrespeitados, cade a "acessibilidade " isso é lei FEDERAL vergonhoso imoral isso é o que é!
 
sandra lima em 17/01/2013 18:03:45
Val Costa, como você manda a Srª Angélica procurar um advogado, se ela não pode ler esta reportagem?
 
Mizu Takahashi Correia em 17/01/2013 16:31:16
kkkk. será que se tivessem colocado uma placa a DEFICIENTE VISUAL veria? piadas à parte, este acidente mostra o completo despreparo das equipes que fazem a manutenção dos serviços prestados à população. E pagos a preços nunca vistos antes na história deste país.
 
luiz marcelo martins araujo em 17/01/2013 15:48:21
É extremamente vergonhoso ler uma noticia dessas! E o pior que toda a cidade de Campo Grande está nessa situação, as calçadas são intransitáveis, o asfalto é cheio de buracos, até carro o asfalto " engole". Fala sério!!! Tome providências aí Bernal pelo amor de Deus, a coisa da feia demais.
 
Fabiana Rocha em 17/01/2013 13:53:53
1) Calçada sem piso tatil (cadê o poder público para exigir e fiscalizar ?);
2) Este povo de reparo em ruas (todas empresas (limpeza, energia e saneamento, inclusive prefeitura), devem dar melhores treinamentos aos seus operários, uma vez o que se nota em todas elas é que fazem marcação e sinalização errada (veja o cone na foto, este deve estar na rua, na calcada em volta do buraco deveria ter um cavalete (tipo biombo, em volta do buraco).
Pelo amor de Deus, que país é este?
 
Roberto Motta em 17/01/2013 13:51:07
...missericordia em!!!!!!!! cabe uma indenização da empressa Telemont...
 
Ester Menacho em 17/01/2013 13:23:44
Srª Angelica procure um advogado e mova uma ação,que absurdo a senhora ter caído,Graças a Deus não foi pior.
 
VAL COSTA em 17/01/2013 12:13:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions