A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/08/2015 08:11

Mulher decide ajudar "roceiro" e perde R$ 40 mil ao cair em golpe de 3 pessoas

Luana Rodrigues

Uma mulher de 61 anos perdeu R$ 40 mil em um golpe de estelionato, na tarde de ontem(13), na Avenida Elias Nasser, em Campo Grande. A vítima disse que estava tentando ajudar um homem, quando foi abordada por outras duas pessoas e caiu no golpe.

Conforme o registro de ocorrência, a mulher contou a polícia que por volta de 12h estava entrando em seu carro, quando foi abordada por um individuo que se identificou como Jorge Muller. Segundo a vítima, o homem tinha aparência humilde, "aparentemente era um roceiro do interior".

O individuo disse a ela que tinha que achar um endereço que seu pai, que ele chamou de Antonio Muller, tinha lhe passado para pagar uma nota promissória de R$ 315 em nome de Paulo Afonso Shimit. Na mesma hora apareceu um homem chamado Luis, que disse que morava perto do endereço e queria ajudar Jorge a encontrar o lugar e que sabia onde encontrar o credor da nota promissória.

Neste momento, a vítima, que tem hipoglicemia, disse aos homens que precisava comer, Luis se prontificou a buscar alimento, proque disse que morava perto. Ele voltou com um pedaço de bolo e uma garrafa de água já aberta. A mulher contou aos polciais que a partir desse momento ficou com a boca muito seca, acreditando que tinha alguma substância na água ou na comida.

Em seguida, Luis levou a mulher e Jorge ao suposto endereço onde ele teria que pagar a promissória. Chegando lá havia uma moça, que se identificou como Margarete, e disse que era filha de Paulo Afonso Shimit. A moça mudou toda a história, falou que não era Jorge que tinha que pagar a promissória, mas sim receber o valor era de R$ 700 mil. A mulher disse ainda que seu pai estava internado no hospital e que estava indo para lá, pois o mesmo realizaria uma operação do coração.

Segundo o boletim, a partir daí, Luis ofereceu para Jorge que fosse até seu escritório para abrir uma conta poupança, recomendando a não andar com o dinheiro. Jorge então pediu para que Luis e a vitima dessem dinheiro para ele, para provarem que tinham dinheiro e não iriam ficar com o dinheiro dele. Os dois concordaram em dar o dinheiro para ter a confiança de Jorge, que disse que na sua cidade sempre dava 30% para seu advogado e por isso daria 15% para cada um, pois estavam o ajudando.

Luis saiu para pegar o dinheiro e em seguida voltou com um envelope onde ele disse que havia R$ 50 mil em dólares e entregou para Jorge. A vítima então se dispôs a ir ao banco para fazer os saques. A mulher fez sete saques, sendo seis de R$5 mil cada e um de R$10 mil. Três saques no Banco Itaú e o restante no Banco do Brasil. Toda vez que sacava o dinheiro, a mulher entregava para Luis.

A vítima só percebeu o golpe, quando o homem a deixou no banco para um novo saque e não retornou, a vítima entrou em desespero e foi até a polícia.O caso foi registrado na Depac(Delegacia de pronto Atendimento Comunitário) do Centro e será investigado.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions