A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Janeiro de 2019

07/12/2011 09:12

Mulher denuncia à polícia venda de filha recém-nascida por R$ 500

Aline dos Santos

Uma mulher de 40 anos registrou boletim de ocorrência em Campo Grande denunciando que sua filha recém-nascida foi vendida. A mãe relatou que deu entrada na Santa Casa no dia 29 de novembro.

No dia seguinte, sua filha nasceu. Horas após o parto, ela comentou com a sobrinha Voeni Henrique da Silva que pretendia deixar o bebê no setor de assistência social do hospital, para que fosse encaminhado à adoção.

No mesmo dia, Voeni procurou a vítima e disse que, com auxílio de uma funcionária da Santa Casa, que também é sua amiga, encontrou uma mulher rica para ficar com o bebê.

A mãe e a sobrinha entregaram a recém nascida a mulher, que estava em um Pálio. O carro estava cheio de roupas para crianças. A mulher disse que procuraria a vítima para um processo de adoção formal. Desde então, a mãe não viu mais a criança. Em entrevista ao jornal Bom Dia MS, da TV Morena, Voeni afirmou que vendeu o bebê por R$ 500.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga como crime de “subtrair criança ou adolescente do poder de quem tem sob sua guarda em virtude de lei ou ordem judicial com o fim de colocação em lar substituto”.

Arrependida, mãe de bebê vendido diz que teme nunca mais ver a filha
A mãe que procurou a polícia para denunciar que sua filha recém-nascida foi vendida afirmou que tem medo de nunca mais ver a criança. “Essa mulher va...
Homem sob o efeito de drogas é encontrado esfaqueado em rua do Guanandi
Um rapaz, de 25 anos, foi parar na Santa Casa de Campo Grande depois de ser esfaqueado na Rua Jussara, no Bairro Guanandi por volta das 22h desta sex...
Dupla é presa ao ser flagrada pichando pista de skate da Orla Morena
Dois jovens, ambos de 21 anos, foram parar na delegacia na tarde desta sexta-feira (18) ao serem flagrados com droga e pichando a pista de skate da O...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions