A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

01/03/2019 11:59

Mulher é perseguida por pessoa que há dias invade casa e deixa recados

Vítima procurou a polícia depois de encontrar bilhete dentro de livro e desenho simulando decapitação

Kerolyn Araújo

Uma mulher de 24 anos procurou a polícia na quinta-feira (28) ao ter a casa invadida e receber bilhetes com ameaças durante quatro dias seguidos. O caso ocorreu no Jardim das Cerejeiras, em Campo Grande.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a mulher relatou à polícia que na última segunda-feira (25) chegou em casa e percebeu que as janelas estavam abertas e que o cachorro, que fica solto, estava preso e também havia sido alimentado.

Na terça-feira (26), ao acordar, a mulher percebeu que alguém havia desenhado o número quatro em frente ao portão de sua casa com sabão em pó. A partir desse dia, ela passou a não dormir mais na residência.

No dia seguinte, a vítima foi até o imóvel e, ao entrar na casa, encontrou um livro aberto com a mensagem ''não precisa ter medo''. A pessoa também deixou no congelador da geladeira várias colheres.

Segundo a ocorrência, no mesmo dia à tarde a vítima encontrou um papel com seis pessoas desenhadas. Cinco delas estavam com um risco no pescoço como se tivessem sido decapitadas.

Ontem (28), a mulher entrou na casa e havia uma ameaça escrita no espelho: ''Você tirou tudo o que era meu, você lembra? Agora é a minha vez''. Na parede do banheiro também tinha uma marca de beijo.

Assustada, a vítima procurou a Depac (Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, onde o caso foi registrado como ameaça e violação de domicílio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions