A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/09/2013 17:35

Mulher foi queimada para dificultar identificação, suspeita Polícia

Viviane Oliveira
(Foto: Cleber gellio) (Foto: Cleber gellio)

O delegado da 3ª Delegacia de Polícia Civil, Fábio Sampaio, disse que a pessoa que matou e colocou fogo no corpo de uma mulher queria dificultar a investigação ou ocultar o crime. O cadáver foi encontrado por volta das 7h30 desta sexta-feira (6), na rua Cruz de Malta, na Chácara dos Poderes, próximo ao anel viário da BR-262, em Campo Grande.

De acordo com o delegado, o corpo da mulher que foi encontrado totalmente carbonizado da cintura para cima não foi identificado ainda. A Polícia entrou em contato com cinco famílias que registraram boletim de ocorrência por desaparecimento de mulheres, porém nenhuma conhece a vítima.

Ainda de acordo com Fábio, foram solicitadas imagens de câmeras de segurança das proximidades para ver quais os veículos que passaram no local, durante a noite de ontem e a manhã de hoje. “Também foram solicitados exames necroscópico e impressões digitais em uma das mãos que não ficou totalmente queimada”, afirma.

Através dos exames, o delegado quer saber também se a vítima estava grávida ou se sofreu violência sexual. Anéis que estavam nos dedos da vítima foram apreendidos.

O arte-finalista, José Alberto, que é morador da região, contou que os familiares ouviram cinco disparos no local na noite de ontem (5). “Meu cunhado ouviu, mas não saímos para ver. Muita gente faz macumba nessa região, que também é conhecida como local para desovar corpos”, disse o morador.



muinto triste para minha familia quando soubemos da morte de uma pessoa querida
sair de rondonopolis para ir ate campo grande reconhecer um corpo
 
leandro lopes em 05/10/2013 12:39:27
A rondonopolitana Viviane Rodrigues Matos, 31 anos, foi barbaramente assassinada na cidade de Campo Grande (MS). O crime ocorreu no último dia 6, mas somente ontem o corpo foi trasladado para Rondonópolis. Depois de velado por familiares e amigos na União Familiar, foi sepultado no final da tarde. Viviane era filha da popular “Luíza da Pamonha”, pessoa bastante conhecida em Rondonópolis.

De acordo com a polícia de Campo Grande, quando Viviane foi encontrada, parte do seu corpo estava em chamas. Conforme o delegado Fábio Sampaio, da 3ª Delegacia de Polícia daquela capital, que investiga o caso, a vítima estava em uma área de vegetação, na rua Cruz de Malta, em Campo Grande, próximo ao anel viário da BR-163. Já existe um suspeito para o crime, conforme o delegado.

 
Eliezio Nascimento em 20/09/2013 17:42:01
Na condição de morador da Chácara dos Poderes, gostaria de esclarecer que temos um Bairro tranquilo, cercado de famílias e comércio de vários segmentos. Contrariando na íntegra a informação vinculada neste site, quanto a localização do corpo, vale a pena também esclarecer que na altura que o mesmo foi encontrado canbonizado, não fica mais na região da Chácara dos Poderes, um bairro longe das características e perfil de ser um LOCAL DE DESOVA DE CADÁVERES.
FICA AQUI REGISTRADO NO NOSSO PROTESTO
 
alberto ferreira em 07/09/2013 22:55:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions